Veja o trailer de “A Alegria É a Prova dos Nove”, aguardado filme de Helena Ignez

No mês em que completa 85 anos, Helena Ignez volta às telas com A Alegria É a Prova dos Nove, seu novo filme como diretora, roteirista e atriz. O Mulher no Cinema divulga com exclusividade o trailer e o cartaz do longa [veja abaixo], que estreia nos cinemas de São Paulo (RJ) e Rio de Janeiro (RJ) em 23 de maio. Entrevista: Autora,

Veja o trailer de “A Estrela Cadente”, novo filme de Fiona Gordon e Dominique Abel

Conhecidos pelo sucesso Perdidos em Paris (2016), os diretores Fiona Gordon e Dominique Abel estão de volta com A Estrela Cadente, filme que estreia nos cinemas brasileiros em 16 de maio. O Mulher no Cinema divulga com exclusividade o trailer legendado do longa [veja abaixo], que tem distribuição da Pandora Filmes. Como Perdidos em Paris, A Estrela Cadente também é escrito e

Justine Triet no streaming: como ver os filmes da premiada diretora francesa

A francesa Justine Triet ficou muito mais conhecida nos últimos meses: seu longa-metragem mais recente, Anatomia de uma Queda, ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes em 2023 e foi indicado ao Oscar de melhor filme. A cineasta também foi a única mulher entre os cinco indicados deste ano na categoria de direção e venceu o prêmio de

Crítica: “Anatomia de uma Queda” questiona percepções do espectador

Dirigido pela francesa Justine Triet, Anatomia de uma Queda chegou aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (25) com credenciais de respeito: venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes, figurou nas listas de melhores do ano publicadas pelas revistas Sight and Sound e Cahiers du Cinéma, dominou a última edição do Prêmio do Cinema Europeu e recebeu cinco indicações ao

Sofia Coppola: ouça uma playlist com músicas dos filmes da diretora

A atenção à trilha sonora é uma das muitas marcas do cinema de Sofia Coppola, diretora americana que ganhou do Oscar de melhor roteiro por Encontros e Desencontros (2003) e o prêmio de direção no Festival de Cannes por O Estranho que Nós Amamos (2017). Momentos musicais marcantes, vários deles embalados por canções pop, estão em todos os seus outros filmes, incluindo

“How To Have Sex”: os bastidores do premiado filme sobre consentimento

Não é difícil subestimar How To Have Sex, longa-metragem da inglesa Molly Manning Walker que está em cartaz nos cinemas e chegará em breve ao catálogo da MUBI. À primeira vista, tanto o título (“como fazer sexo”) quanto a sinopse curta ("três adolescentes britânicas passam um feriado juntas, bebendo, indo a boates e namorando, naquele que deveria ser o melhor

Do mumblecore ao blockbuster: quem é Greta Gerwig, diretora de “Barbie”

Greta Gerwig está de volta: a diretora e roteirista de Lady Bird: A Hora de Voar (2017) e Adoráveis Mulheres (2019) é a principal força criativa por trás de Barbie, aguardadíssimo filme inspirado na boneca da Mattel que estreia nesta quinta-feira (20) nos cinemas brasileiros. Crítica: Em Barbie, Greta Gerwig navega entre a ironia e o merchandising Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha

Dercy Gonçalves no cinema: a antivedete que foi estrela das chanchadas

Quinze anos após a morte de Dercy Gonçalves (1905-2008), o público tem duas novas oportunidades de conhecer ou se aprofundar no trabalho desta que foi uma das mais populares artistas brasileiras. Uma das oportunidades está nos palcos: o monólogo Nasci pra ser Dercy, estrelado por Grace Gianoukas, que desde janeiro viaja pelo país. A outra está no streaming: a mostra "Dercy

O processo de “Canção ao Longe”, segundo a diretora Clarissa Campolina

Novo longa-metragem da diretora Clarissa Campolina, "Canção ao Longe" estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (6). Também coescrito pela cineasta, o filme narra um momento de transformação na vida da jovem Jimena (Mônica Maria), que quer mudar-se da casa que compartilha com a mãe e a avó, além de romper com o pai, com quem mantém uma troca de cartas.

A mulher madura no cinema atual: representações do corpo, erotismo e sexo

*** Aviso: O texto abaixo discute em detalhe os filmes Em Direção ao Sul (2005), de Laurent Cantet, e Boa Sorte, Leo Grande (2022), de Sophie Hyde. Nos dois casos, a autora analisa aspectos importantes da trama, inclusive o desfecho da história e o destino dado às personagens. * O cinema, sobretudo aquele que atende a uma demanda comercial, tem a capacidade

Top