7 documentários dirigidos por mulheres seguem na disputa pelo Oscar

Sete filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres estão entre os 15 que seguem na disputa pelo Oscar de documentário. A lista de semifinalistas, divulgada na terça-feira (9) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, não inclui nenhum filme brasileiro. Oscar 2021: Cinco diretoras avançam na categoria de filme internacional Leia também: Mulheres dirigiram 2 de 27 filmes que buscam Oscar de animação Apoie: Colabore

Mulheres dirigiram 46% dos documentários que buscam indicação ao Oscar 2021

Mulheres dirigiram ou codirigiram 110 dos 238 filmes que buscam uma indicação ao Oscar de melhor documentário em 2021, segundo levantamento feito pelo Mulher no Cinema a partir da lista divulgada pela Academia de Ciências Cinematográficas. Trata-se do equivalente a 46,2%. Este é o maior índice desde que o levantamento começou a ser feito, em 2016. Está acima dos 34% registrados

Documentário “Saudade Mundão” retrata cotidiano e histórias de prisão feminina

Quando Julia Hannud e Catharina Scarpellini decidiram que seu trabalho de conclusão de curso seria um documentário sobre uma penitenciária feminina, seus professores fizeram ressalvas. Entrar com uma câmera em uma prisão não seria tarefa fácil, ainda mais para estudantes de cinema, e mesmo no improvável caso de conseguirem passar pelo portão, não havia garantias de que as mulheres encarceradas

Bárbara Paz sobre “Babenco”, candidato do Brasil ao Oscar: “Fiz um filme de amor”

Carta de amor, poema visual, filme-despedida. Estas são algumas das definições dadas por Bárbara Paz a Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, premiado documentário que está em cartaz nos cinemas e vai representar o Brasil na busca por uma indicação ao Oscar de filme internacional. As definições da diretora apontam para o caráter extremamente pessoal

Dirigido por Bárbara Paz, “Babenco” é o candidato do Brasil ao Oscar

Dirigido por Bárbara Paz, Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou será o candidato do Brasil a uma indicação ao Oscar de filme internacional em 2021. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (18) pela Academia Brasileira de Cinema, responsável pela decisão desde 2017. Entrevista: “Sempre haverá um jeito de fazer cinema”, diz Sandra Kogut Saiba mais: Todas as mulheres que disputaram o

Veja o trailer de “Saudade Mundão”, filme sobre solidariedade entre pessoas presas

As diretoras Julia Hannud e Catharina Scarpellini estreiam no longa-metragem com Saudade Mundão, documentário que retrata a solidariedade entre pessoas presas na Cadeia Pública Feminina de Franca, no estado de São Paulo. O filme estreia no mês de dezembro em plataformas digitais e cinemas drive-in e o Mulher no Cinema divulga o trailer em primeira mão (veja abaixo). Leia também: Descoloniza

Veja o trailer de “O Ponto Firme”, filme de Laura Artigas que estreia online na SPFW

Dirigido por Laura Artigas, o documentário O Ponto Firme poderá ser visto online e gratuitamente por 48 horas durante a São Paulo Fashion Week. O link para assistir ao filme será divulgado na quarta-feira (4), às 18h, no perfil do documentário no Instagram, e ficará disponível até sexta-feira (6). Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo O documentário acompanha a

Documentário recupera trajetória de Alice Guy-Blaché, primeira cineasta da história

Alice Guy-Blaché trabalhava como secretária na companhia francesa Gaumont quando, em 1895, foi a uma das históricas exibições dos irmãos Lumière que depois seriam consideradas o marco inicial do cinema. Os filmes daquele primeiro momento eram breves registros de cenas da vida - pessoas saindo de uma fábrica, um trem chegando à estação. Mas Guy-Blaché, que era filha de um

Joyce Prado fala sobre “Chico Rei Entre Nós” e novas perspectivas à história oficial

Um diálogo entre passado e presente conduz a narrativa de Chico Rei Entre Nós, primeiro longa-metragem da diretora Joyce Prado, que integra a programação da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e pode ser visto online em todo o Brasil. Como o título indica, o documentário investiga o legado de Chico Rei e os ecos da escravidão na sociedade

Veja o trailer de “Casa”, premiado filme da diretora Letícia Simões

Depois de rodar por festivais, o documentário Casa, dirigido por Letícia Simões, estreia no Petra Belas Artes em 12 de novembro e nas plataformas digitais em 3 de dezembro. O longa foi o grande vencedor do Festival de Cinema de Vitória e recebeu o prêmio da crítica no Olhar de Cinema do ano passado. Dicas: Cineastas recomendam documentários nacionais dirigidos por mulheres Entrevista: “Sempre haverá

Top