“Aquilo que Eu Nunca Perdi”: uma montagem musical

A trajetória da cantora, compositora e instrumentista Alzira E é tema do documentário Aquilo que Eu Nunca Perdi, que chega aos cinemas brasileiros em 8 de setembro. Ganhador da edição de 2021 do Festival IN-EDIT, dedicado a documentários musicais, o filme é dirigido por Marina Thomé, que acompanha Alzira E de perto há mais de 15 anos, desde que começou

Amandine Gay: “Quis mostrar mulheres negras se apropriando da narrativa”

Em 2014, a francesa Amandine Gay estava cansada de interpretar imigrantes ilegais, traficantes, prostitutas e outras personagens calcadas em estereótipos que costumavam ser oferecidas a atrizes negras como ela. Uma dia, uma amiga lhe deu um conselho: “Se você quer papéis melhores, escreva-os você mesma.” Amandine então começou a escrever roteiros, inclusive o de uma série de televisão sobre um

Três documentários dirigidos ou codirigidos por mulheres concorrem ao Oscar 2022

Como tem acontecido nos últimos anos, as mulheres marcaram forte presença entre os indicados ao Oscar de documentário em 2022: dos cinco concorrentes ao prêmio deste ano, três foram dirigidos ou codirigidos por mulheres e quatro têm ao menos uma mulher na produção. Leia também: Jane Campion disputa Oscar de direção pela segunda vez Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse

Mulheres dirigiram 43,4% dos documentários que buscam indicação ao Oscar 2022

Mulheres dirigiram ou codirigiram 60 dos 138 filmes que buscam uma indicação ao Oscar de melhor documentário em 2022, segundo levantamento feito pelo Mulher no Cinema a partir da lista divulgada pela Academia de Ciências Cinematográficas. Trata-se do equivalente a 43,4%. Leia também: Mulheres dirigiram 23,6% dos candidatos ao Oscar de filme internacional Apoie: Seja apoiador do Mulher no Cinema e acesse

Sinai Sganzerla filma Helena Ignez: ‘Queria que ela contasse sua própria história’

Quem é Helena Ignez? Há várias respostas possíveis para a pergunta que abre A Mulher da Luz Própria, documentário que Sinai Sganzerla dirigiu sobre a vida e a obra da mãe, e que estreou este mês no Curta!On, a plataforma de streaming do canal Curta!, disponível também no Now. Entrevista: Autora, Helena Ignez rejeita título de musa: “A voz da musa é

Everlane Moraes sobre “A Gente Acaba Aqui”: “A morte e a dor me fizeram criar”

Em 2011, a cineasta Everlane Moraes pegou a câmera para registrar o velório de seu tio, Wellington, em Aracaju (SE). Na época, ela ainda não tinha lançado o premiado documentário Caixa D'Água: Qui-Lombo É Esse, nem ganhado lugar de destaque no novo cinema nacional. A intenção era apenas filmar a família e cumprir uma promessa: "Meu tio tinha me pedido

Diretoras falam sobre “Alvorada” e desejo de mostrar “outro lado” de Dilma Rousseff

A primeira voz que ecoa em Alvorada, documentário de Anna Muylaert e Lô Politi sobre o processo que derrubou a primeira mulher presidente do Brasil, não é de Dilma Rousseff e, sim, de Jair Bolsonaro. Embora veja apenas um fundo preto e os créditos iniciais, o espectador se lembra bem da imagem que acompanha aquelas palavras: em pleno Congresso Nacional,

Veja o trailer de “Alvorada”, filme de Anna Muylaert e Lô Politi sobre o impeachment

Depois de ser exibido no Festival É Tudo Verdade, Alvorada ganhou data de estreia nos cinemas e nas plataformas de streaming: 27 de maio. O documentário de Anna Muylaert e Lô Politi acompanha a presidente Dilma Rousseff durante o desenrolar do processo de impeachment que a tirou do poder. Saiba mais: 14 documentários recomendados por diretoras brasileiras Leia também: 15 documentários dirigidos por mulheres

Mulheres no Oscar: Conheças as indicadas ao prêmio de melhor documentário

Aquecendo os motores para o Oscar 2021, que ocorre em 25 de abril, o Mulher no Cinema publica, diariamente, breves perfis de todas as profissionais indicadas em cada uma das categorias. Leia também: Como assistir aos filmes indicados ao Oscar 2021 Saiba mais: Veja todas as mulheres que já disputaram o Oscar de direção Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Já falamos sobre as concorrentes aos prêmios

5 documentários dirigidos por mulheres para ver online no É Tudo Verdade

Sessenta e nove filmes de 23 países estão na programação do É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários, que pelo segundo ano consecutivo será online por causa da pandemia. De 8 a 18 de abril, espectadores de todo o Brasil poderão assistir aos filmes gratuitamente. Dicas: Cineastas recomendam documentários nacionais dirigidos por mulheres Streaming: Veja como assistir ao documentário sobre Alice Guy-Blaché Apoie: Colabore

Top