Mulheres dirigiram cinco dos 23 filmes na competição do Festival de Veneza

Cinco filmes dirigidos por mulheres estão entre os 23 selecionados para a competição principal da 79ª edição do Festival de Veneza, que ocorre de 31 de agosto a 10 de setembro. O número de títulos dirigidos por mulheres é o mesmo do ano passado e está abaixo do recorde registrado em 2020, quando oito diretoras foram selecionadas. Saiba mais: Veja os principais

“A Porta ao Lado” é único longa dirigido por mulher na competição de Gramado

A Porta ao Lado, de Julia Rezende, é o único filme dirigido por uma mulher entre os sete longas-metragens na competição brasileira do Festival de Gramado, que ocorre de 12 a 19 de agosto. Depois de dois anos sem sessões presenciais por causa da pandemia, o evento volta às exibições no Palácio dos Festivais da cidade gaúcha. Apoie: Colabore com o Mulher no

Euzhan Palcy será primeira diretora negra a ganhar Oscar honorário

A diretora Euzhan Palcy, conhecida por filmes como Sugar Cane Alley (1983) e Assassinato Sob Custódia (1989), será homenageada com um Oscar honorário. Este troféu especial reconhece “uma obra de distinção extraordinária e contribuições excepcionais às artes e ciências cinematográficas”. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Palcy será a primeira diretora negra a receber o prêmio. A única

“Stars at Noon”, de Claire Denis, vence o Grand Prix do Festival de Cannes

Depois de vencer o prêmio de direção no Festival de Berlim, em fevereiro, com o filme Fire, a diretora francesa Claire Denis agora ganhou o Grand Prix do Festival de Cannes por outro longa-metragem, Stars at Noon. Os prêmios da 75ª edição do Festival de Cannes foram anunciados neste sábado (28) pelo júri presidido pelo ator Vincent Lindon. Dos cinco filmes

Lise Akoka e Romane Gueret vencem mostra Um Certo Olhar com “Les Pires”

Dirigido pelas francesas Lise Akoka e Romane Gueret, Les Pires ganhou o principal troféu da mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes. É a segunda vitória consecutiva de um filme dirigido por mulher na mostra, depois de Unclenching the Fists, de Kira Kovalenko, ter vencido no ano passado. Leia também: Veja os principais prêmios recebidos por mulheres em Cannes Palma de Ouro: Conheça

Guia de Cannes: veja os filmes dirigidos por mulheres selecionados para o festival

A 75ª edição do Festival de Cannes começa nesta terça-feira (17) com um marco inédito: pela primeira vez na história, cinco filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres vão disputar a Palma de Ouro, mais importante troféu entregue pelo tradicional evento francês. Até agora, o recorde de filmes dirigidos por mulheres na competição principal era quatro, registrado apenas nas edições de 2021,

Mulheres dirigiram 5 de 21 filmes que competirão pela Palma de Ouro

Apenas cinco filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres estão entre os 21 selecionados para a competição principal da 75ª edição do Festival de Cannes, marcada para ocorrer em maio. Trata-se de uma proporção de 23,8%, um aumento em relação aos 16,6% registrados no evento do ano passado, que tinha quatro títulos dirigidos por mulheres entre os 24 na disputa pela

Oscar premia “No Ritmo do Coração” e Jane Campion; veja todas as ganhadoras

Em caótica cerimônia realizada neste domingo (27), o Oscar entregou seus dois principais prêmios a longas dirigidos por mulheres: No Ritmo do Coração, de Siân Heder, levou melhor filme, enquanto Jane Campion recebeu o troféu de melhor direção por Ataque dos Cães. Foi o segundo ano consecutivo em que mulheres triunfaram nestas categorias, mas a primeira vez na história em que

Jane Campion vence por “Ataque dos Cães” e Oscar premia 3ª diretora em 94 anos

Uma das mais premiadas cineastas da história adicionou outro troféu à sua coleção: Jane Campion tornou-se a terceira mulher a ganhar o Oscar de direção, entregue neste domingo (27). A neozelandesa de 67 anos foi premiada por Ataque dos Cães, quase três décadas após concorrer na mesma categoria com O Piano.  Líder de indicações ao Oscar, com 12, Ataque dos Cães

Jane Campion e Maggie Gyllenhaal ganham prêmios do Sindicato dos Diretores

A cineasta Jane Campion consolidou seu favoritismo ao Oscar de direção ao ganhar o prêmio do Sindicato dos Diretores, entregue neste sábado (12) em Los Angeles. A neozelandesa ganhou o troféu de melhor direção de longa-metragem por Ataque dos Cães, disponível na Netflix. Leia também: 10 filmes e séries para conhecer a obra de Jane Campion Crítica: Ataque dos Cães é o melhor filme de Jane Campion

Top