Kika Sena sobre “Paloma”: “Perspectiva complexa da vida de uma mulher trans”

A atriz Kika Sena estreia no cinema com Paloma, novo filme do diretor Marcelo Gomes, conhecido por Cinema, Aspirinas e Urubus (2005) e Estou Me Guardando Para Quando O Carnaval Chegar (2019). Ela interpreta a personagem-título, uma mulher trans que trabalha como agricultora no sertão de Pernambuco e sonha em se casar na igreja com Zé (Ridson Reis), o namorado

Exclusivo: Veja Bianca Bin e Drica Moraes em uma cena de “As Verdades”

As atrizes Drica Moraes e Bianca Bin interpretam mãe e filha em As Verdades, longa-metragem do diretor José Eduardo Belmonte que estreia nos cinemas brasileiros no dia 30 de junho. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Em As Verdades, Lázaro Ramos interpreta Josué, delegado que investiga uma tentativa de assassinato em uma pequena cidade. A história é contada a partir

Thais Fujinaga sobre ‘A Felicidade das Coisas’: ‘Evitei criar mulheres imbatíveis’

Parte das memórias afetivas da diretora Thais Fujinaga a história de seu primeiro longa-metragem, A Felicidade das Coisas, já em cartaz nos cinemas. O filme se passa em uma casa de praia na cidade de Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, mais especificamente no Morro do Algodão, onde a própria diretora passou muitos verões durante a infância e a adolescência

Uma mulher com uma câmera

Para realizar seu curta-metragem mais recente, A Ordem Reina, a diretora Fernanda Pessoa percorreu sete países que passaram por experiências anticapitalistas ou revolucionárias no século passado: Burkina Faso, China, Cuba, Guiné-Bissau, Rússia, Sérvia e Vietnã. Em todos eles, registrou imagens em uma câmera Super 8mm Nizo Braun, fabricada nos anos 1970, e utilizando quinze rolos de película Super 8mm reversível

Curta com Zélia Duncan ganha prêmio de melhor elenco no Festival de Sundance

Um curta-metragem brasileiro foi premiado na edição deste ano do Festival de Sundance. Uma Paciência Selvagem me Trouxe Até Aqui, dirigido por Érica Sarmet e protagonizado por Zélia Duncan, ganhou o troféu especial de melhor elenco entregue pelo júri oficial. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo O elenco de Uma Paciência Selvagem me Trouxe Até Aqui também é

Festival do Rio: veja os filmes brasileiros dirigidos por mulheres na programação

Vinte e quatro filmes brasileiros dirigidos por mulheres estão na programação da edição deste ano do Festival do Rio, realizada na capital fluminense entre 9 e 19 de dezembro. Além dos títulos nacionais, o evento também exibe filmes de outros países, completando uma seleção de mais de 100 produções. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Como sempre, os

Aletéia Selonk: “Produção audiovisual brasileira está unida, resistindo e lutando”

Comemorando 15 anos à frente da Okna Produções, Aletéia Selonk pode dizer que acompanhou de perto as muitas transformações do cinema brasileiro neste período. Quando criou a empresa, em 2006, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) já existia, mas ferramentas que fizeram diferença na produção ainda viriam a se desenvolver - como o Fundo Setorial do Audiovisual, fundamental para o

Online e gratuito, Cabíria Festival exibe 35 filmes e homenageia Lucia Murat

Trinta e cinco filmes dirigidos por mulheres estão na programação da terceira edição do Cabíria Festival - Mulheres & Audiovisual, que começa nesta quarta-feira (6) e vai até 17 de outubro. Pelo segundo ano consecutivo, o festival será realizado online, com todas as sessões gratuitas para o público de todo o país. Entrevista: "Acredito realmente que este horror vai terminar", diz

Diretoras dominam categorias de curta do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Cineastas mulheres mostraram força nas categorias de curta-metragem e de documentário do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, que anunciou seus indicados na última semana. Filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres representam três dos cinco concorrentes a melhor longa documental e 12 dos 18 curtas na disputa. A força das mulheres no curta já tinha sido demonstrada no ano passado, quando dirigiram

“Carro Rei”, de Renata Pinheiro, vence Gramado; veja todas as premiadas

Dirigido por Renata Pinheiro, Carro Rei ganhou o principal troféu do Festival de Gramado, encerrado neste sábado (21). O longa pernambucano era um de três títulos dirigidos por mulheres na competitiva nacional de Gramado - e todos eles receberam múltiplos prêmios. Entrevista: Renata Pinheiro fala sobre Brasil em Carro Rei: "É um filme do caos" Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha

Top