Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 16 de agosto. "Café com Canela" [Brasil, 2017] Margarida vive em São Félix isolada pela dor da perda do filho. Violeta segue a vida em Cachoeira, entre adversidades do dia a dia e traumas do passado.

Dominga Sotomayor ganha prêmio de melhor direção no Festival de Locarno

A cineasta chilena Dominga Sotomayor ganhou o prêmio de direção na edição deste ano do Festival de Locarno, encerrada neste sábado (11). Ela foi reconhecida por Tarde para Morir Joven, coprodução de Chile, Brasil, Argentina, Holanda e Catar. Outros troféus importantes foram entregues a filmes dirigidos por mulheres, incluindo o Prêmio Especial do Júri para M, de Yolande Zauberman. Na mostra Cineasta del

Gabriela Amaral Almeida escolhe filmes de horror dirigidos por mulheres

Com estreia marcada para 9 de agosto, o terror O Animal Cordial é o primeiro longa-metragem da diretora e roteirista Gabriela Amaral Almeida, realizadora de curtas como Uma Primavera (2011) e A Mão que Afaga (2012). Leia também: 5 filmes de terror dirigidos por mulher para ver na Netflix Gabriela também é mestre em literatura e cinema de horror pela Universidade Federal

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 9 de agosto. "Acrimônia" [Acrimony, EUA, 2018] Fiel, mas cansada do tratamento que recebe do marido desonesto, Melinda chega ao limite quando descobre que foi traída. Estrelado pela atriz Taraji P. Henson e dirigido por Tyler

Exclusivo: Veja os pôsteres de “Meu Ex É Um Espião” criados por June Bhongjan

Com estreia marcada para 23 de agosto no Brasil, Meu Ex É Um Espião é uma comédia policial estrelada pelas atrizes Mila Kunis e Kate McKinnon, e que tem direção de Susanna Fogel, também coautora do roteiro Além de ter profissionais femininas em frente e por trás das câmeras, o filme também ganhou uma série de pôsteres criados por artistas mulheres.

“Como É Cruel Viver Assim”: Veja o trailer do filme de Julia Rezende

Diretora de Meu Passado Me Condena (2013) e Um Namorado Para Minha Mulher (2016), Julia Rezende volta aos cinemas com Como É Cruel Viver Assim, que estreia em 16 de agosto nos cinemas. O filme conta a história de Vladimir, Clivia, Regina e Primo, um grupo de pessoas solitárias e frustradas que não conseguem encontrar sentido em suas vidas. Sem perspectivas, eles

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 2 de agosto. "Ana e Vitória" [Brasil, 2018] As jovens Ana e Vitória se conhecem em uma festa, decidem cantar juntas e formam uma dupla de sucesso. Enquanto isso, Ana está em busca do amor de sua vida e Vitória em busca de

Mulheres dirigiram 6 dos 9 longas na competição do Festival de Brasília

Seis dos nove longa-metragens que integram a competição da edição deste ano do Festival de Brasília são dirigidos ou codirigidos por mulheres. A lista oficial foi divulgada nesta segunda-feira (30). Leia também: Jennifer Kent é única mulher na competição do Festival de Veneza Saiba mais: Comitê de seleção da Quinzena dos Realizadores terá paridade de gênero Os filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres

Sexta temporada de “Orange Is The New Black” já está disponível na Netflix

A partir desta sexta-feira (27) já é possível assistir a todos os episódios da sexta temporada de Orange Is The New Black. A série original da Netflix é ganhadora do prêmio Emmy e foi criada por Jenji Kohan. Depois dos acontecimentos da quinta temporada, as mulheres de Litchfield agora estão em uma prisão de segurança máxima. Com isso, as amizades serão testadas e novas

Jennifer Kent é única mulher na competição de Veneza

Apenas um filme dirigido por mulher está entre os 21 títulos que competirão pelo Leão de Ouro na edição deste ano do Festival de Veneza, que começa em 29 de agosto. Trata-se do longa The Nightingale, novo trabalho da diretora australiana Jennifer Kent, conhecida pelo ótimo terror O Babadook. Leia também: Mulheres são 50% do comitê de seleção da Quinzena dos

Top