Diretora argentina Lucrecia Martel vai presidir o júri do Festival de Veneza

A cineasta argentina Lucrecia Martel será a presidente do júri da edição deste ano do Festival de Veneza, que ocorre de 28 de agosto a 7 de setembro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (24). Entrevista: “A pobreza do cinema latino é não representar a sociedade”, diz Lucrecia Martel O diretor do festival, Alberto Barbera, definiu Lucrecia como "a diretora mais importante da

Veja as mulheres indicadas ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Carolina Jabor e Gabriela Amaral Almeida disputarão o troféu de direção no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, entregue pela Academia Brasileira de Cinema. Carolina concorre pelo trabalho em Aos Teus Olhos e Gabriela, por O Animal Cordial. Ela são as únicas mulheres entre os cinco indicados. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Neste ano, nenhum filme dirigido por

Com Meryl Streep, nova temporada de “Big Little Lies” estreia neste domingo

As "Monterey Five" estão de volta: a segunda temporada de Big Little Lies estreia neste domingo (9), às 22h, no canal HBO e na HBO Go. Com um total de sete episódios, a série continua com todas as principais atrizes: Reese Witherspoon, Nicole Kidman, Shailene Woodley, Laura Dern e Zoë Kravitz. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo No entanto, há duas novidades importantes. A

“Fênix Negra”: Perguntas e respostas (sem spoilers) sobre o novo filme dos X-Men

Fênix Negra chega aos cinemas nesta quinta-feira (6) como o décimo segundo filme do universo X-Men, uma franquia longa, irregular e marcada por muitos personagens, acontecimentos e viagens no tempo.  Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Diante destas idas e vindas, o Mulher no Cinema preparou um pequeno guia com perguntas e respostas - sem spoilers - para quem quer

“Democracia em Vertigem”: veja o trailer do novo filme de Petra Costa

Democracia em Vertigem é o novo filme de Petra Costa, diretora de Elena (2012) e Olmo e a Gaivota (2015). O documentário estreia em 19 de junho na Netflix e cinemas selecionados, após ser exibido na competição internacional de documentários do Festival de Sundance. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo e prêmios exclusivos O filme faz um retrato do processo de impeachment

Dirigida por Ava DuVernay, série “Olhos Que Condenam” já está disponível na Netflix

Criada e dirigida por Ava DuVernay, a série Olhos que Condenam está disponível para streaming na Netflix a partir desta sexta-feira (31). Os quatro episódios contam a história real de cinco jovens negros e latinos que foram condenados à prisão por um estupro que não cometeram. Entrevista: Mercedes Cooper fala sobre como é trabalhar com Ava DuVernay Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e

Cinema da diretora Juliana Rojas é tema de mostra gratuita no Itaú Cultural em SP

"Sinfonia da Necrópole", de Juliana Rojas

Parte da obra da diretora, roteirista e montadora Juliana Rojas será exibida no mês de junho no Itaú Cultural em São Paulo (SP). Intitulada "O Cinema Fantástico de Juliana Rojas", a mostra integra a programação das Terças de Cinema do Itaú Cultural, que começam sempre às 19h e são abertas ao público. Entrevista: Juliana Rojas e Marco Dutra falam de As Boas

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 30 de maio. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo "Compra-me um Revólver" - [Cómprame un Revolver, México/Colômbia, 2018] O filme de Julio Hernández Cordón traz a visão distópica de um México controlado

Dos 4 filmes de diretoras na principal mostra de Cannes, 3 foram premiados

A neozelandesa Jane Campion continuou sendo a única cineasta mulher a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes depois de Parasites, de Bong Joon-ho, ser anunciado como o ganhador da edição deste ano. Mas eis um dado interessante: dos quatro filmes dirigidos por mulheres que estavam entre os 21 títulos da competição principal, três receberam troféus neste sábado (25). Leia também: Dirigido por Mati Diop,

Céline Sciamma é primeira mulher a ganhar a Queer Palm em Cannes

O novo filme de Céline Sciamma, Portrait de la Jeune Fille en Feu, ganhou a Queer Palm, prêmio entregue ao melhor filme com temática LGBTQ do Festival de Cannes. É a primeira vez que um longa dirigido por mulher leva o troféu, criado há dez anos pelo jornalista Franck Finance-Madureira. Leia também: Veja os principais prêmios recebidos por mulheres em Cannes Palma de Ouro: Conheça os

Top