Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 16 de janeiro. Crítica: O Escândalo narra caso real de assédio na TV americana Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo "O Despertar das Formigas"– [El Despertar de las Hormigas, Costa Rica, 2019] Isabel tem 28 anos,

‘Democracia em Vertigem’, de Petra Costa, disputa Oscar de documentário

A diretora Petra Costa vai representar o Brasil no Oscar 2020: seu mais recente trabalho, Democracia em Vertigem, foi indicado ao prêmio de documentário nesta segunda-feira (13). No total, quatro dos cinco documentários na disputa são dirigidos ou codirigidos por mulheres. Oscar 2020: Veja todas as mulheres indicadas ao prêmio deste ano Leia também: Apenas homens disputarão o Oscar de melhor direção em

Oscar 2020: Veja todas as mulheres indicadas

Petra Costa, Cynthia Erivo, Florence Pugh, Thelma Schoonmaker, Laura Dern e Waad al-Kateab são algumas das mulheres que disputarão prêmios na 92ª edição do Oscar. Anunciadas nesta segunda-feira (13), as indicações foram decepcionantes (mas não surpreendentes): como no ano passado e em outras 86 edições do prêmio, nenhuma mulher vai concorrer na categoria de direção. Leia também: Democracia em Vertigem disputará Oscar de documentário Saiba

Quem é Greta Gerwig, diretora de “Adoráveis Mulheres”

Greta Gerwig volta aos cinemas nesta quinta-feira (9), com Adoráveis Mulheres, seu segundo trabalho solo como diretora depois de Lady Bird: A Hora de Voar. Também escrito por Gerwig, o novo longa é uma adaptação do clássico livro de Louisa May Alcott (1832-1888) sobre as irmãs Jo, Meg, Beth e Amy March. Crítica: Greta Gerwig celebra e atualiza o clássico Adoráveis Mulheres Leia também: Greta Gerwig narra amadurecimento

Leia o discurso de Michelle Williams no Globo de Ouro – em português

Depois de defender igualdade salarial no palco do Emmy, a atriz Michelle Williams aproveitou sua vitória no Globo de Ouro para convocar as mulheres americanas a votarem de acordo com seus próprios interesses, citando especificamente a questão do aborto. Leia também: Globo de Ouro premia Fleabag, Renée Zellwegger e Awkwafina Saiba mais: Awkwafina faz história ao ganhar Globo de Ouro de melhor

Por trás de “A Vida Invisível”: os bastidores do filme em fotos comentadas por Nina Kopko

Nina Kopko foi diretora assistente de Karim Aïnouz em A Vida Invisível, filme premiado em Cannes que é o candidato do Brasil a uma indicação ao Oscar de filme internacional. Ela acompanhou todas as fases do projeto, dos primeiros tratamentos do roteiro ao último corte na filmagem, e foi parte fundamental do trabalho com o elenco encabeçado por Carol Duarte

Os 100 melhores filmes dirigidos por mulheres, segundo especialistas

O Piano, da neozelandesa Jane Campion, foi eleito o melhor filme dirigido por mulher de todos os tempos em uma votação promovida pela BBC da qual participaram 368 especialistas, entre críticos, jornalistas, programadores de festivais e acadêmicos (incluindo a criadora do Mulher no Cinema, Luísa Pécora). Saiba mais: Veja mais listas com dicas de filmes dirigidos por mulheres Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e

15 filmes dirigidos por mulheres sobre a ditadura militar

Em 2019 completam-se 55 anos do golpe de 1964, que deu início a mais de duas décadas de ditadura militar no Brasil. Neste período, o governo cancelou eleições, censurou a imprensa e atuou com brutalidade, perseguindo, prendendo, torturando e assassinando opositores. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Tema marcante do cinema brasileiro, o golpe militar foi e continua

10 filmes para conhecer o cinema de Agnès Varda

Nome fundamental da nouvelle vague, cineasta influente na ficção e no documentário, única mulher a ganhar a Palma de Ouro honorária, primeira diretora a ganhar o Oscar pelo conjunto da obra. Estes são apenas algumas das muitas formas de tentar definir a carreira da belga Agnès Varda (1928-2019) Leia também: Morre Agnès Varda, cineasta influente e pioneira da nouvelle vague Vídeo: Veja o

Top