Crítica: “Alias Grace” explora ambiguidade da obra de Margaret Atwood

Se o bom momento das séries de televisão motivou a expressão "Peak TV", ou "auge da TV", não há dúvida de que também estamos vivendo o "Peak Atwood". A brincadeira criada pela imprensa americana ressalta o fato de que, com quase 80 anos, a escritora canadense Margaret Atwood experimenta a fase mais popular da carreira, graças a dois seriados inspirados

7 filmes dirigidos por mulheres para ver no Mix Brasil

Mais de 150 filmes de 34 países integram a programação do Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade, que realiza sua 25ª edição em São Paulo (SP) entre os dias 15 e 26 de novembro. Maior festival LGBTQ da América Latina, o Mix Brasil tem sessões gratuitas no CineSesc, Espaço Itaú Augusta, Centro Cultural São Paulo, Museu da Diversidade, Auditório Ibirapuera e

Agnès Varda é primeira diretora a ter Oscar honorário

Aos 89 anos, Agnès Varda tornou-se a primeira cineasta mulher a ganhar um Oscar honorário, que celebra "contribuição excepcional às ciências e artes cinematográficas". A diretora belga recebeu o troféu neste sábado (11), em uma cerimônia realizada em Los Angeles, na qual também foram homenageados o roteirista e diretor americano Charles Burnett, o ator canadense Donald Sutherland e o diretor de

Veja “Come Swim”, curta dirigido por Kristen Stewart

Depois de ser exibido nos festivais de Cannes e Sundance, o curta Come Swim, que marca a estreia da atriz Kristen Stewart na direção, agora pode ser visto online, no vídeo abaixo. O filme tem quase 18 minutos de duração e faz uma jornada pela imaginação de um homem, alternando entre cenas realistas e representações abstratas e artísticas. A música foi

5 filmes de diretoras para ver em novembro na Netflix

Todo mês o Mulher no Cinema escolhe cinco filmes dirigidos por mulheres que podem ser vistos em casa mesmo, no conforto da Netflix. São títulos de diferentes gêneros, que mostram a variedade da produção feminina e ajudam naqueles dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem. Veja os destaques do mês de novembro: "O Garoto de

Criada por Ryan Murphy, “Pose” terá cinco atrizes trans

A série Pose, criada por Ryan Murphy, fará história na televisão americana: será o programa de ficção com maior número de atores transgêneros no elenco regular. MJ Rodriguez (foto), Indya Moore, Dominique Jackson, Hailie Sahar e Angelica Ross foram as atrizes escaladas para a série, que mostrará a vida e a sociedade da Nova York dos anos 1980, incluindo a cena dos chamados “bailes”, competições frequentadas principalmente pelas

Como o caso Harvey Weinstein escancarou o assédio

Até outubro, o produtor americano Harvey Weintein era muito conhecido por jornalistas, profissionais da indústria cinematográfica e espectadores que acompanham de perto a corrida pelo Oscar. Ainda que não fosse exatamente uma estrela, ele fazia estrelas: as empresas fundadas por ele, Miramax e Weinsten Company, foram responsáveis por filmes como Pulp Fiction (1994), Gênio Indomável (1997), Shakespeare Apaixonado (1998), As Horas (2002), Chicago (2003) e

Top