Três filmes dirigidos por mulheres concorrem à indicação brasileira ao Oscar

Mulheres dirigiram três dos 12 longas-metragens inscritos na disputa para ser o candidato do Brasil ao Oscar de filme estrangeiro. A lista de concorrentes foi divulgada nesta segunda-feira (19) pela Secretaria do Audiovisual e o título escolhido será anunciado no dia 27 de agosto. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Inscreva-se: Curso “Mulheres no Cinema” abre inscrições para nova edição

Veja as mulheres que ganharam o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019

Benzinho foi o principal vencedor da edição deste ano do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, entregue nesta quarta-feira (14) pela Academia Brasileira de Cinema. Karine Teles recebeu dois troféus: o de melhor atriz e o de melhor roteiro original, que dividiu com Gustavo Pizzi, também premiado como melhor diretor. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Inscreva-se: Curso “Mulheres no

“Euforia”, de Valeria Golino, é destaque da Festa do Cinema Italiano em 16 cidades

Novo trabalho de Valeria Golino na direção, Euforia é um dos destaques do 8 ½ Festa do Cinema Italiano, festival que exibe filmes italianos contemporâneos em 16 cidades do Brasil. De 8 a 14 de agosto, o evento será realizado em Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Niterói (RJ), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Recife

“Espero Tua (Re)Volta”, de Eliza Capai, é o grande vencedor do Cine PE

Dirigido por Eliza Capai, o documentário Espero Tua (Re)Volta foi o grande ganhador da 23ª edição do festival Cine PE. O longa ganhou três prêmios do júri oficial - melhor filme, roteiro e montagem - e também o de melhor longa-metragem segundo a crítica. Espero Tua (Re)Volta conta a história de três jovens que participaram das ocupações nas escolas de São Paulo em 2015. Exibido

Morre Ruth de Souza, atriz pioneira que marcou os palcos, a TV e o cinema

A atriz Ruth de Souza, um dos nomes mais importantes das artes cênicas no Brasil, morreu neste domingo (28), aos 98 anos. A atriz estava internada no Rio de Janeiro desde a semana, com um quadro de pneumonia. Em mais de 70 anos de carreira, Ruth de Souza quebrou barreiras e abriu portas para artistas negros no cinema, no teatro e

Última temporada de “Orange Is The New Black” já está disponível na Netflix

É hora de dizer adeus às mulheres de Litchfield. Todos os episódios da sétima e última temporada da série Orange Is The New Black estão disponíveis para streaming a partir desta sexta-feira (26). Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Orange Is The New Black estreou em 2013 e foi inspirada no livro homônimo de Piper Kerman. Uma das principais atrações originais

Sessão de cinema conecta meninas da periferia de SP à autora Thalita Rebouças

O que te inspira a escrever? Alguém te incentivou a começar? Como fez para acreditar em si mesma? Qual a maior dificuldade que enfrentou? O que diria para alguém que não confia no próprio taco? Estas foram algumas das perguntas feitas à escritora e roteirista Thalita Rebouças por um grupo de 36 meninas da periferia de São Paulo. O encontro entre

“Olhos que Condenam” é a série da Netflix com mais indicações ao Emmy 2019

Criada e dirigida por Ava DuVernay, a série Olhos que Condenam foi o programa da Netflix com maior número de indicações ao Emmy 2019, considerado o Oscar da televisão americana.  Leia também: Veja as mulheres que concorrem ao Emmy 2019 Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo O programa de quatro episódios vai disputar 16 prêmios: melhor minissérie, direção (para DuVernay), roteiro (DuVernay

“The Marvelous Mrs. Maisel” e “Olhos que Condenam” mostram força no Emmy

The Marvelous Mrs. Maisel e Olhos que Condenam estão entre as séries com maior número de indicações ao Emmy, o Oscar da televisão americana, que anunciou seus concorrentes nesta terça-feira (16). A série criada por Amy Sherman-Palladino concorrerá a 20 prêmios, enquanto a de Ava DuVernay disputará 16. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Palladino é a única mulher indicada

Dirigido por Mounia Meddour, “Papicha” vai representar a Argélia no Oscar

A Argélia tornou-se o primeiro país a indicar seu representante na disputa por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro de 2020. E o escolhido foi um longa dirigido por mulher: Papicha, de Mounia Meddour. Leia também: Os longas dirigidos por mulheres que disputaram o Oscar de melhor filme Saiba mais: Todas as mulheres que já foram indicadas ao Oscar de melhor direção Apoie: Colabore

Top