Dominga Sotomayor ganha prêmio de melhor direção no Festival de Locarno

A cineasta chilena Dominga Sotomayor ganhou o prêmio de direção na edição deste ano do Festival de Locarno, encerrada neste sábado (11). Ela foi reconhecida por Tarde para Morir Joven, coprodução de Chile, Brasil, Argentina, Holanda e Catar. Outros troféus importantes foram entregues a filmes dirigidos por mulheres, incluindo o Prêmio Especial do Júri para M, de Yolande Zauberman. Na mostra Cineasta del

Exclusivo: Veja os pôsteres de “Meu Ex É Um Espião” criados por June Bhongjan

Com estreia marcada para 23 de agosto no Brasil, Meu Ex É Um Espião é uma comédia policial estrelada pelas atrizes Mila Kunis e Kate McKinnon, e que tem direção de Susanna Fogel, também coautora do roteiro Além de ter profissionais femininas em frente e por trás das câmeras, o filme também ganhou uma série de pôsteres criados por artistas mulheres.

Mulheres dirigiram 6 dos 9 longas na competição do Festival de Brasília

Seis dos nove longa-metragens que integram a competição da edição deste ano do Festival de Brasília são dirigidos ou codirigidos por mulheres. A lista oficial foi divulgada nesta segunda-feira (30). Leia também: Jennifer Kent é única mulher na competição do Festival de Veneza Saiba mais: Comitê de seleção da Quinzena dos Realizadores terá paridade de gênero Os filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres

Sexta temporada de “Orange Is The New Black” já está disponível na Netflix

A partir desta sexta-feira (27) já é possível assistir a todos os episódios da sexta temporada de Orange Is The New Black. A série original da Netflix é ganhadora do prêmio Emmy e foi criada por Jenji Kohan. Depois dos acontecimentos da quinta temporada, as mulheres de Litchfield agora estão em uma prisão de segurança máxima. Com isso, as amizades serão testadas e novas

Mulheres são maioria na categoria de direção do GP do Cinema Brasileiro

Mulheres são maioria entre os indicados ao troféu de melhor direção na edição deste ano do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, entregue pela Academia Brasileira de Cinema. As cineastas Daniela Thomas (Vazante), Eliane Caffé (Era o Hotel Cambridge) e Laís Bodanzky (Como Nossos Pais) concorrem na categoria ao lado de Daniel Rezende (Bingo - O Rei das Manhãs) e Fellipe

Mulheres são 50% do comitê de seleção da Quinzena dos Realizadores de Cannes

Pelo menos uma das promessas por maior igualdade de gênero feitas durante a última edição do Festival de Cannes está sendo cumprida: o comitê de seleção da Quinzena dos Realizadores será formado por número igual de homens e mulheres. Leia também: Diretores de Cannes prometem buscar transparência e igualdade de gênero Listas: Conheça os principais prêmios recebidos por mulheres na história de Cannes Saiba mais: Agnès

Sandra Oh é 1ª mulher de origem asiática a disputar Emmy de atriz dramática

Sandra Oh tornou-se a primeira mulher de ascendência asiática a ser indicada ao Emmy de melhor atriz de série dramática. O anúncio das indicações foi feito nesta quinta-feira (12) e a artista canadense foi reconhecida por Killing Eve. Emmy 2018: The Handmaid's Tale recebe 20 indicações ao maior prêmio da TV Está é a sexta indicação de Oh ao Emmy, mas todas as demais

‘Handmaid’s Tale’, ‘Marvelous Mrs. Maisel’ e ‘The Crown’ mostram força no Emmy

The Handmaid's Tale, The Crown e The Marvelous Mrs. Maisel são algumas das séries centradas em mulheres que mostraram força nas indicações à edição deste ano do Emmy, o Oscar da televisão americana. O anúncio dos indicados foi feito nesta quinta-feira (12) e a entrega dos prêmios será em 17 de setembro. The Handmaid's Tale recebeu 20 indicações, incluindo série dramática,

Cate Shortland vai dirigir filme solo da Viúva Negra

A diretora australiana Cate Shortland foi escolhida para dirigir Viúva Negra, filme solo da heroína dos quadrinhos da Marvel que será estrelado por Scarlett Johansson. Shortland é conhecida por Lore (2012) e A Síndrome de Berlim (2017). De acordo com o Hollywood Reporter, a Marvel se reuniu com mais de 70 cineastas, e Johansson apoiou a escolha por Shortland. Ainda de

“Vai Anitta”: Cantora será tema de série documental da Netflix

A cantora Anitta será tema de uma série documental da Netflix, anunciou a empresa nesta quinta-feira (12). Atualmente em produção, Vai Anitta chegará ao streaming ainda neste ano e já teve o teaser divulgado. A série vai acompanhar a cantora nos palcos, nos bastidores dos shows nacionais e internacionais, nas viagens pelo mundo e nas interações com os fãs. Aos 25

Top