Festival do Rio terá Jane Campion, Kathryn Bigelow e Lucrecia Martel

Novos trabalhos de diretoras como Jane Campion, Kathryn Bigelow, Lucrecia Martel e Agnieszka Holland estarão na programação do Festival do Rio, que ocorre de 5 a 15 de outubro. O evento divulgou os títulos internacionais da programação nesta semana - os nacionais já haviam sido anunciados. Jane Campion estará na programação com episódios de Top of the Lake: China Girl, segunda temporada da série

Julia Murat fala sobre bastidores de “Pendular”

Em 1980, Marina Abramovic e seu então companheiro, Ulay, realizaram The Other: Rest Energy, perfomance na qual o casal segurava um arco tensionado apenas pelo peso de seus próprios corpos e apontava uma flecha para o coração da artista sérvia. Neste exercício de confiança e equilíbrio, nenhuma das partes poderia se soltar. Rest Energy serviu de inspiração para Pendular, longa de Julia Murat que chega

Primeiro longa de Carla Simón vai representar a Espanha no Oscar

Verano 1993, primeiro longa-metragem da diretora Carla Simón, foi escolhido como o representante oficial da Espanha na busca por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro. Exibido e duas vezes premiado na mostra Generation Kplus do Festival de Berlim, o filme é ambientado na Catalunha em 1993 e acompanha uma garota de seis anos que vai morar com o tio após

Filme de Hanna Slak vai representar Eslovênia no Oscar

Miner, dirigido pela cineasta Hanna Antonina Wojcik Slak, vai representar a Eslovênia no Oscar. O longa entrará na disputa por uma inédita indicação do país ao Oscar de filme estrangeiro. Baseado em história real, o longa conta a história de Alija, um mineiro bósnio que migra para a Eslovênia. Em uma mina abandonada, ele descobre restos de vítimas assassinadas como retaliação depois da Segunda Guerra

Reed Morano é primeira mulher a ganhar Emmy de direção de drama em 22 anos

Ao subir no palco para receber o Emmy de melhor direção de série dramática por The Handmaid's Tale, Reed Morano encerrou um jejum de 22 anos para as mulheres nesta categoria da premiação. Ela foi a primeira a ganhar o troféu desde 1995, quando Mimi Leder foi premiada por seu trabalho em ER. Saiba mais: Séries estreladas por mulheres dominam principais categorias do

“Tempestad”, de Tatiana Huezo, será candidato do México no Oscar

O documentário Tempestad, dirigido por Tatiana Huezo, vai representar o México na busca por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro. O filme narra histórias de mulheres para mostrar as brutais consequências do tráfico de seres humanos. O México já foi indicado na categoria, mas nunca ganhou o prêmio. Concorrer ao Oscar de filme estrangeiro é um processo de três fases. Primeiro, cada país

Top