Crítica: “O Estranho que Nós Amamos”, dirigido por Sofia Coppola

A Guerra Civil Americana é pano de fundo para uma história de desejo e vingança em O Estranho que Nós Amamos, filme que fez de Sofia Coppola a segunda mulher na história a ganhar o prêmio de direção no Festival de Cannes. Saiba mais: Sofia Coppola ganha o prêmio de direção no Festival de Cannes Leia também: Os 12 melhores filmes do século 21, segundo

7 filmes para ver no Festival de Gramado

A 45ª edição do Festival de Cinema de Gramado começa nesta quinta-feira (17) na cidade gaúcha, com quatro filmes dirigidos por mulheres entre os sete que formam a competição nacional. É um grande avanço em relação a 2016, quando a mostra competitiva brasileira do festival não teve títulos realizados por diretoras. Neste ano, o festival dará o Troféu Oscarito, dedicado a grandes nomes do cinema nacional,

Mostra em Salvador exibe 30 filmes brasileiros dirigidos por mulheres

Trinta filmes brasileiros realizados por mulheres estão na programação da Mostra Elas, que ocorre entre 17 e 20 de agosto na Saladearte Cinema da UFBA em Salvador (BA). A seleção do festival inclui curtas e longas-metragens de ficção, documentário e animação, muitos deles sobre temas urgentes como assédio, aborto e direitos da comunidade LGBT. Alguns títulos são inéditos na cidade, como

“Ninguém Está Olhando”, de Julia Solomonoff, vence Cine Ceará

Dirigido pela cineasta argentina Julia Solomonoff, Ninguém Está Olhando foi o grande vencedor da 27ª edição do Cine Ceará, encerrado na última sexta-feira (11) na cidade de Fortaleza. O longa-metragem recebeu os troféus de Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Edição e o prêmio da crítica (Abraccine). O filme conta a história de Nico, um ator que se muda para Nova York

3 filmes para ver na Mostra Mundo Árabe

A 12ª edição da Mostra Mundo Árabe de Cinema começa nesta quarta-feira (9) em São Paulo (SP), com sessões no Cinesesc até o dia 16 de agosto. Como neste ano o tema principal é "Os territórios que nos atravessam", grande parte dos 11 filmes na programação tratam sobre o deslocamento das pessoas e da reconstrução de um sentido de lugar. Abaixo, veja

Veja o trailer de “First They Killed My Father”, de Angelina Jolie

A Netflix divulgou o primeiro trailer de First They Killed My Father, drama dirigido por Angelina Jolie e baseado no livro homônimo da ativista cambojana Loung Ung. A obra autobiográfica conta como Loung Ung e sua família lutaram para sobreviver ao genocídio promovido pelo regime do Khmer Vermelho na década de 1970. A atriz Sareum Srey Moch interpreta Loung Ung na infância. First They

5 filmes de diretoras para ver em agosto na Netflix

Todo mês o Mulher no Cinema escolhe cinco filmes dirigidos por mulheres que podem ser vistos em casa mesmo, no conforto da Netflix. São títulos de diferentes gêneros, que mostram a variedade da produção feminina e ajudam naqueles dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem. Veja os destaques do mês de agosto: "Agnus Dei" [Les Innocentes,

Top