Primeiro longa de Carla Simón vai representar a Espanha no Oscar

Verano 1993, primeiro longa-metragem da diretora Carla Simón, foi escolhido como o representante oficial da Espanha na busca por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro. Exibido e duas vezes premiado na mostra Generation Kplus do Festival de Berlim, o filme é ambientado na Catalunha em 1993 e acompanha uma garota de seis anos que vai morar com o tio após

Filme de Hanna Slak vai representar Eslovênia no Oscar

Miner, dirigido pela cineasta Hanna Antonina Wojcik Slak, vai representar a Eslovênia no Oscar. O longa entrará na disputa por uma inédita indicação do país ao Oscar de filme estrangeiro. Baseado em história real, o longa conta a história de Alija, um mineiro bósnio que migra para a Eslovênia. Em uma mina abandonada, ele descobre restos de vítimas assassinadas como retaliação depois da Segunda Guerra

Reed Morano é primeira mulher a ganhar Emmy de direção de drama em 22 anos

Ao subir no palco para receber o Emmy de melhor direção de série dramática por The Handmaid's Tale, Reed Morano encerrou um jejum de 22 anos para as mulheres nesta categoria da premiação. Ela foi a primeira a ganhar o troféu desde 1995, quando Mimi Leder foi premiada por seu trabalho em ER. Saiba mais: Séries estreladas por mulheres dominam principais categorias do

“Tempestad”, de Tatiana Huezo, será candidato do México no Oscar

O documentário Tempestad, dirigido por Tatiana Huezo, vai representar o México na busca por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro. O filme narra histórias de mulheres para mostrar as brutais consequências do tráfico de seres humanos. O México já foi indicado na categoria, mas nunca ganhou o prêmio. Concorrer ao Oscar de filme estrangeiro é um processo de três fases. Primeiro, cada país

Codirigido por Kristina Grozeva, “Glory” representará a Bulgária no Oscar

Glory, longa-metragem escrito e dirigido por Kristina Grozeva e Petar Valchanov que estreou nesta quinta-feira (14) no Brasil, será o candidato da Bulgária ao Oscar de filme estrangeiro. Leia também: Cinco filmes dirigidos por mulheres concorrem à indicação brasileira ao Oscar Exibido no Festival de Locarno, Glory conta a história de Tsanko Petrov, um trabalhador ferroviário que encontra uma enorme quantia de dinheiro nos trilhos

Polônia escolhe “Spoor”, de Agnieszka Holland, como candidato ao Oscar

Um longa dirigido por Agnieszka Holland, de Filhos da Guerra (1990) e Na Escuridão (2011), será o representante da Polônia no Oscar. Exibido no Festival de Berlim, Spoor vai tentar uma vaga na disputa pela estatueta de filme estrangeiro. O filme se passa na temporada de caça da Polônia e é centrado em Janina Duszejko (Agnieszka Mandat-Grabka), uma ativista pelos direitos dos

Top