15 filmes dirigidos por mulheres sobre a ditadura militar

Em 2019 completam-se 55 anos do golpe de 1964, que deu início a mais de duas décadas de ditadura militar no Brasil. Neste período, o governo cancelou eleições, censurou a imprensa e atuou com brutalidade, perseguindo, prendendo, torturando e assassinando opositores. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Tema marcante do cinema brasileiro, o golpe militar foi e continua

Diretoras brasileiras respondem: qual o melhor filme dirigido por mulher do ano?

Quais os melhores filmes de 2018 de acordo com quem faz cinema? Pelo terceiro ano consecutivo, o Mulher no Cinema publica uma lista muito especial: nela, os destaques do ano que termina são escolhidos não pelos críticos ou pelo público, mas por diretoras brasileiras. Participe: Seja apoiador do Mulher no Cinema e acesse conteúdos exclusivos Leia também: 10 filmes escritos ou dirigidos por mulheres para ver no

7 filmes de diretoras brasileiras para ver nos cinemas nesta segunda pagando R$ 4

Julia Rezende, Juliana Rojas e Monique Gardenberg são algumas das diretoras com filmes na programação da 19ª edição do Projeta Brasil, iniciativa da rede Cinemark que exibe filmes brasileiros a preços promocionais. Neste ano, o evento será realizado em 12 de novembro em 82 unidades da rede pelo Brasil. Os ingressos de todas as sessões custam R$ 4 e a renda será revertida

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 14 de junho. "Amores de Chumbo" [Brasil, 2017] Após 40 anos, a escritora Maê reencontra o casal Miguel e Lúcia – ele um professor de sociologia e ex-preso político, ela a parceira que se dedicou a tirá-lo

Top