Mulheres no Oscar: Conheça as indicadas ao prêmio de animação

Aquecendo os motores para o Oscar 2021, que ocorre em 25 de abril, o Mulher no Cinema publica, diariamente, breves perfis de todas as profissionais indicadas em cada uma das categorias.

Leia também: Como assistir aos filmes indicados ao Oscar 2021
Saiba mais: Veja todas as mulheres que já disputaram o Oscar de direção
Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo

Já falamos sobre as concorrentes aos prêmios de melhor filmedireçãoatrizatriz coadjuvanteroteiro adaptadoroteiro originalfilme internacional e documentário. A categoria agora é animação, na qual nenhum dos cinco longas indicados foi dirigido por uma mulher. No entanto, como a categoria também premia produtores, há quatro mulheres entre os 14 indivíduos na disputa. Saiba mais sobre elas:

*

Dana Murray, por Soul
Americana, trabalha na Pixar desde 2005, tendo passado por diferentes departamentos da empresa,  incluindo arte e efeitos visuais. Também foi gerente de produção em filmes como Kiko (2010), Divertida Mente (2015) e Carros 3 (2017). Em 2018, concorreu ao Oscar de curta-metragem de animação como produtora de Lou. Com Soul, faz seu primeiro trabalho de produção em um longa-metragem.


Gennie Rim, por A Caminho da Lua
Passou pelos estúdios Pixar e Walt Disney, coordenando, por exemplo, o setor de iluminação em Carros (2006) e o de animação em Ratatouille (2007). Atualmente, é produtora executiva na empresa de Glen Keane, um dos diretores de A Caminho de Lua, filme pelo qual recebeu a primeira indicação ao Oscar. Outros trabalhos incluem a série Zé Coleta (2020) e o especial A Trash Truck Christmas (2020).


Kori Rae, por Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
Começou a trabalhar na Pixar nos anos 1990 e desenvolveu sua carreira no estúdio. Foi responsável pela pré-produção de Up: Altas Aventuras (2009) e pela produção da série de curtas Mater’s Tall Tales (2008-2010). Produziu dois longas do diretor Dan Scanlon: Universidade Monstros (2013) e, agora, Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica (2019), que lhe rendeu a primeira indicação ao Oscar.


Peilin Chou, por A Caminho da Lua
Produtora no setor de animação da Netflix, tem mais de duas décadas de experiência na área. Ocupou cargos executivos na Disney, na Dreamworks, na Nickelodeon e na Spike TV antes de tornar-se diretora de criação no Pearl Studio. Foi lá que coproduziu o sucesso de bilheteria Abominável (2019). Concorre ao Oscar pela primeira vez por A Caminho da Lua, filme dirigido por Glen Keane e John Kahrs.


Luísa Pécora é jornalista e criadora do Mulher no Cinema – fotos: Getty Images

* O Mulher no Cinema publica perfis de todas as mulheres indicadas ao Oscar 2021 até 23/4. A cada dia é publicado um texto sobre uma categoria diferente. Acompanhe a série completa aqui.

*

Tudo sobre as mulheres no Oscar 2021:
Veja a lista completa com todas as mulheres indicadas ao prêmio

Pela 1ª vez em 93 anos, mais de uma mulher disputa Oscar de direção
Dois longas dirigidos por mulheres concorrem ao Oscar de melhor filme
Conheça as diretoras negras que estão indicadas ao Oscar 2021
Produtora de Nomadland, Frances McDormand tem dupla indicação inédita
Viola Davis torna-se a atriz negra que mais vezes foi indicada ao Oscar
Aos 73 anos, Youn Yuh-jung é primeira atriz sul-coreana a disputar o Oscar
Mia Neal e Jamika Wilson são primeiras mulheres negras indicadas a cabelo e maquiagem

Duas mulheres disputam o Oscar 2021 de filme internacional
Dirigido por Maite Alberdi, chileno Agente Duplo disputa documentário

Top