Roseanne Liang sobre dirigir filmes de ação: ‘As histórias não são binárias’

Em janeiro de 2019, um estudo da Annenberg Inclusion Initiative analisou 1,2 mil filmes que fizeram sucesso nas bilheterias americanas entre 2007 e 2018 e buscou responder à pergunta: quais tipos de histórias têm mais ou menos mulheres por trás das câmeras? Revelou-se que o drama era o gênero menos desigual: para cada 10,8 cineastas homens, havia uma cineasta mulher.

5 filmes de terror dirigidos por mulheres para assistir no streaming

O que Kathryn Bigelow, Juliana Rojas e Karyn Kusama têm em comum? Todas são diretoras que realizaram importantes trabalhos dentro do cinema de horror - e que estão disponíveis em plataformas de streaming. Vídeo: Gabriela Amaral Almeida recomenda filmes de terror dirigidos por mulheres Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Embora a presença das mulheres no gênero seja histórica

Gabriela Amaral Almeida: “A perseguição vai gerar muita narrativa”

Menos de um ano após estrear no longa-metragem com o ótimo O Animal Cordial (2018), a diretora Gabriela Amaral Almeida está de volta aos cinemas com A Sombra do Pai. Este segundo projeto foi, na verdade, o primeiro a ser escrito pela cineasta, que idealizou o filme em 2009 e o desenvolveu ao longo de anos, em paralelo a seus curtas-metragens e aos roteiros que

“A Sombra do Pai” explora horror e luto no cotidiano de família pobre brasileira

Personagens que perdem a humanidade em meio a questões sociais brasileiras parecem ser a ideia de horror de Gabriela Amaral Almeida. Após O Animal Cordial (2018), a diretora e roteirista volta aos cinemas nesta quinta-feira (2) com A Sombra do Pai. E se no primeiro filme uma tentativa de assalto transforma um restaurante paulistano em microcosmo do país, também o

Gabriela Amaral Almeida escolhe filmes de horror dirigidos por mulheres

O terror O Animal Cordial estreia em 9 de agosto e é o primeiro longa-metragem da diretora e roteirista Gabriela Amaral Almeida, realizadora de curtas como Uma Primavera (2011) e A Mão que Afaga (2012). Leia também: 5 filmes de terror dirigidos por mulher para ver no streaming Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Gabriela também é mestre em

Top