7 momentos em que as mulheres brilharam no Globo de Ouro

Protestos contra o assédio e manifestações a favor da igualdade de gênero marcaram a edição deste ano do Globo de Ouro, realizada neste domingo (7). Embaladas pela recente criação do movimento Time's Up, do qual participam mais de 300 mulheres da indústria cinematográfica, as artistas levaram as discussões para o tapete vermelho e para a cerimônia. Leia também: Veja todas as

Com assédio em pauta, Globo de Ouro premia filmes e séries protagonizadas por mulheres

Filmes e programas de televisão centrados em mulheres foram os grandes premiados na edição deste ano do Globo de Ouro, marcada por manifestações a favor da igualdade de gênero e pelo fim do assédio. Produções com protagonistas femininas venceram nas principais categorias: Três Anúncios para um Crime foi escolhido melhor filme de drama, e Lady Bird: A Hora de Voar, o

“Mulher-Maravilha” e “Lady Bird” são indicados ao prêmio dos produtores

Dois filmes dirigidos por mulheres estão entre os 11 indicados ao prêmio do Sindicato dos Produtores dos Estados Unidos: Lady Bird: A Hora de Voar, de Greta Gerwig, e Mulher-Maravilha, de Patty Jenkins. Será a primeira vez que longas com direção feminina disputarão o troféu desde 2013, quando A Hora Mais Escura, de Kathryn Bigelow, foi indicado. Leia também: Filmes protagonizados

“A Forma da Água” e “Big Little Lies” lideram indicações ao Globo de Ouro

Produções estreladas por mulheres lideraram as indicações ao Globo de Ouro, anunciadas nesta segunda-feira (11). A Forma da Água, protagonizado por Sally Hawkins, dominou as categorias de cinema e vai concorrer a sete troféus. Já Big Little Lies foi o mais lembrado entre os programas de televisão e vai disputar seis prêmios. Leia também: Big Little Lies terá segunda temporada com

Veja o trailer de “Lady Bird”, escrito e dirigido por Greta Gerwig

Filme mais bem avaliado da história do Rotten Tomatoes, Lady Bird - A Hora de Voar ganhou seu primeiro trailer legendado nesta segunda-feira (4). O longa, que estreia em 2018 no Brasil, é o primeiro trabalho solo na direção de Greta Gerwig, roteirista e atriz de Frances Ha (2012) e Mistress America (2015).  Saiba mais: Lady Bird é o filme mais bem avaliado da

Rachel Morrison é primeira diretora de fotografia premiada por crítica de NY

Rachel Morrison tornou-se a primeira mulher a ganhar o prêmio de melhor direção de fotografia do New York Film Critics Circle, grupo que reúne críticos de cinema baseados em Nova York. Ela ganhou o troféu por seu trabalho em Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississippi, novo filme da cineasta Dee Rees. Vídeo: Veja o trailer de Mudbound, novo filme dirigido por

Greta Gerwig ganha prêmio de direção do National Board of Review

Greta Gerwig começou bem a temporada de premiações: nesta terça-feira (28), ela ganhou o prêmio de direção do National Board of Review, tradicional grupo americano de acadêmicos e profissionais do cinema. Leia também: Filme de Greta Gerwig é o mais bem avaliado da história do Rotten Tomatoes Gerwig venceu por Lady Bird, seu primeiro trabalho solo na direção, que estreia em abril nos

Filme de Greta Gerwig é o mais bem avaliado da história no Rotten Tomatoes

Lady Bird tornou-se o filme mais bem avaliado da história do Rotten Tomatoes, site americano que agrega críticas de cinema. Primeiro longa-metragem solo de Greta Gerwig na direção, o filme atingiu o percentual de 100% de resenhas positivas. Este percentual foi atingido após a avaliação de 165 críticas, o que fez com que Lady Bird ultrapassasse o recordista anterior, Toy Story

Veja o trailer de “Lady Bird”, dirigido por Greta Gerwig

Após fazer sua estreia mundial no Festival de Telluride, o aguardadíssimo Lady Bird ganhou um trailer. O filme é o primeiro trabalho solo na direção de Greta Gerwig, roteirista e atriz de Frances Ha e Mistress America. Antes, ela dirigiu Nights and Weekends em parceria com Joe Swanberg. O novo longa acompanha Christine "Lady Bird" McPherson, uma jovem mulher que vive um momento de amadurecimento em Sacramento,

Top