Catherine Ann Berger: “Precisamos de mulheres em todas as posições”

A Suíça marcou forte presença na edição deste ano da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo: dono de uma seção especial, o país esteve representado por mais de 40 filmes e cerca de 25 diretores e produtores que vieram ao Brasil especialmente para o festival. À frente desta delegação estava Catherine Ann Berger, diretora da Swiss Films, a agência de cinema

Olga Baillif fala sobre os bastidores e a música de “Ao Redor de Luisa”

A cineasta suíça Olga Baillif tem um motivo e tanto para estar em São Paulo: a cidade é palco da estreia mundial de seu primeiro longa-metragem de ficção, Ao Redor de Luisa, drama que integra a competição de novos diretores e a seção dedicada ao cinema suíço da Mostra Internacional de Cinema [veja horários de exibição abaixo]. Saiba mais: Veja todos os filmes dirigidos por mulheres

7 filmes para assistir no Panorama do Cinema Suíço

Começa nesta semana a edição 2016 do Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo, festival que será realizado em São Paulo (15 a 25 de junho), Rio de Janeiro (16 a 27 de junho) e Brasília (18 de junho). No próximo mês, chegará também a São José dos Campos (7 a 22 de julho) e Ribeirão Preto (12 a 31 de julho). Abaixo, listamos sete filmes

Na Suíça, mulheres representam 34% dos diretores e roteiristas

As mulheres representam 34% dos diretores e dos roteiristas da Suíça, segundo estudo divulgado na semana passada, durante o Festival de Locarno. Entre os produtores, a participação feminina é de 42%. O levantamento foi feito pela Fundação da Suíça para Treinamento Profissional em Cinema e Audiovisual (FOCAL), com apoio das associações Cinésuisse e ARF/FDS. Os números são relativos ao período 2013-2014 e também apontam

7 filmes para ver no festival de cinema suíço em São Paulo

Começou nesta quinta-feira (18) a edição 2015 do Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo, festival dedicado aos filmes produzidos na Suíça e que fica em cartaz em São Paulo até o dia 29. As sessões acontecem no Centro Cultural Banco do Brasil e no Cinesesc - e os principais longas também serão exibidos no Sesc Ribeirão Preto e no Sesc São José dos

Top