Mulheres no Oscar: conheça as roteiristas indicadas ao prêmio

Aquecendo os motores para o Oscar 2016, que ocorre em 28 de fevereiro, Mulher no Cinema vai publicar, diariamente, um breve perfil das profissionais femininas indicadas em cada categoria.

Já falamos sobre as mulheres que disputam melhor filme, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. Agora, conheça as roteiristas que concorrem à estatueta – todas em sua primeira indicação.

No total, apenas quatro dos dez filmes indicados tem ao menos uma mulher no time de roteiristas.

Roteiro adaptado

Captura de Tela 2016-02-16 às 18.38.51Emma Donoghue, por “O Quarto de Jack”
A escritora irlandesa de 46 anos está indicada pela adaptação para o cinema de seu próprio best-seller, “Quarto”, lançado em 2010 e finalista do Man Booker Prize. A história é centrada em um garoto, Jack, e sua mãe, Joy, que vivem confinados em um pequeno cômodo durante cinco anos. Donoghue só tinha escrito um roteiro anteriormente (o do curta “Pluck”), mas trabalha como escritora desde os 23 anos, tendo publicado vários contos e romances (incluindo “Stir Fry” e “Frog Music”). Ela também escreve para teatro e rádio. Atualmente, mora no Canadá.

Phyllis NagyPhyllis Nagy, por “Carol”
Nascida em Nova York, a escritora de 46 anos trabalha principalmente com peças teatrais. Nos anos 1990, se mudou para Londres e trabalhou com Stephen Daldry no Royal Court Theatre. Em 2005, foi indicada ao Emmy pelo roteiro e direção de “Mrs. Harris”, filme para a televisão estrelado por Annette Bening e Ben Kingsley. Nagy concorre ao Oscar pela adaptação do livro “O Preço do Sal”, depois rebatizado de “Carol”, escrito por Patricia Highsmith e lançado em 1952. A história acompanha o romance de uma jovem e uma mulher mais velha na década de 50.

Roteiro original

Andrea BerloffAndrea Berloff, por “Straight Outta Compton: A História do N.W.A.”
Americana, trabalhou como atriz no cinema e no teatro antes de dar início à carreira de roteirista. Escreveu o curta “Domestic” e o longa “As Torres Gêmeas”, um drama sobre os atentos de 11 de Setembro dirigido por Oliver Stone. Concorre ao Oscar pelo elogiado “Straight Outta Compton”, filme inspirado na história do grupo de rap N.W.A, escrito por Berloff em parceria com Jonathan Herman. Tem três novos projetos já encaminhados: “Blood Father”, “Sleepless Night” e “The Legend of Conan”, os dois primeiros previstos para 2016.

Meg LeFauveMeg LeFauve, por “Divertida Mente”
Roteirista americana, está indicada pelo roteiro da animação da Pixar que mostra as emoções da garota Riley (Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojinho). O texto foi escrito em parceria com Josh Colley e o diretor Pete Docter e o filme está indicado ao Oscar de animação. LeFauve ambém é produtora, tendo no currículo os filmes “Menino de Deus” e “The Baby Dance”, este exibido na televisão dos Estados Unidos. Também escreveu o roteiro da animação “O Bom Dinossauro” e está preparando o de “Capitã Marvel”, que tem lançamento previsto para 2019.

4 thoughts on “Mulheres no Oscar: conheça as roteiristas indicadas ao prêmio

  1. Muito legal!!! Obrigada pelas infos, é muito bom ver a presença feminina nessa área (mesmo que ainda pouca). Uma coisinha, quando está escrito americana vcs querem dizer estadunidense? Pq a gente aqui do Brasil também é americana hehe beijinhos 🙂

Deixe um comentário

Top