Oscar 2020: Veja todas as mulheres indicadas

Petra Costa, Cynthia Erivo, Florence Pugh, Thelma Schoonmaker, Laura Dern e Waad al-Kateab são algumas das mulheres que disputarão prêmios na 92ª edição do Oscar. Anunciadas nesta segunda-feira (13), as indicações foram decepcionantes (mas não surpreendentes): como no ano passado e em outras 86 edições do prêmio, nenhuma mulher vai concorrer na categoria de direção.

Leia também: Democracia em Vertigem disputará Oscar de documentário
Saiba mais: Apenas homens disputarão o Oscar de melhor direção em 2020
Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo

Mulheres também não disputarão os prêmios de direção de fotografia, mixagem de som e efeitos visuais. Além disso, Adoráveis Mulheres, de Greta Gerwig, é o único título dirigido por mulher entre os nove indicados a melhor filme, o único protagonizado por mulheres e o único que tem apenas mulheres na produção e no roteiro.

Depois de ter premiado número recorde de mulheres negras em 2019 (três, incluindo Regina King como atriz coadjuvante), o Oscar deste ano só indicou uma pessoa negra nas quatro categorias de atuação: Cynthia Erivo, que concorre a melhor atriz por Harriet. Aos 33 anos, ela disputa também o prêmio de canção original e, se ganhar qualquer um dos troféus, será a pessoa mais jovem a se tornar EGOT – ou seja, a ganhar o Emmy (que premia trabalhos na televisão), o Grammy (música), o Oscar (cinema) e o Tony (teatro).

Nem todas as notícias foram ruins. O número de indicações para mulheres subiu ligeiramente em relação ao ano passado (67 contra 63, contando repetições para uma mesma artista) e as diretoras tiveram forte presença na categoria de  documentário. Dos cinco longas na disputa, quatro foram dirigidos ou codirigidos por mulheres, incluindo Democracia em Vertigem, da brasileira Petra Costa, filme da Netflix sobre o impeachment de Dilma Rousseff. Um de seus concorrentes é Honeyland, de Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov, também o único longa com direção feminina na categoria de filme internacional (representando a Macedônia do Norte).

Não há filmes dirigidos por mulheres na categoria de melhor longa animado, mas o cenário é melhor nos curtas. Na categoria de curta de documentário, concorrem Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl), de Carol Dysinger; Life Overtakes Me, de Kristine Samuelson e John Haptas; St. Louis Superman, de Smriti Mundhra e Sami Khan (co-director) e Walk Run Cha-Cha, de Laura Nix; na de curta de animação, Dcera, de Daria Kashcheeva; Kitbull, de Rosana Sullivan; e Sister, de Siqi Song; e na de curta de live-action, Brotherhood, de Meryam Joobeur; e A Sister, de Delphine Girard.

Também no campo das boas notícias, Thelma Schoonmaker foi lembrada pela Academia pela oitava vez e igualou o recorde de indicações ao Oscar de montagem. Se ganhar seu quarto troféu, desta vez pelo trabalho em O Irlandês, será a pessoas com mais vitórias na categoria. Além disso, Hildur Guðnadóttir tornou-se a sétima mulher a disputar o prêmio de trilha sonora original. Ela foi indicada por Coringa.

A cerimônia do Oscar será em 9 de fevereiro. Veja todas as mulheres indicadas:

Filme (produtoras)
Amy Pascal, por Adoráveis Mulheres
Callum McDougall, por Jojo Rabbit
Emma Tillinger Koskoff, por O Irlandês e por Coringa

Kwak Sin Ae, por Parasita
Jane Rosenthal, por O Irlandês
Jayne-Ann Tenggren, por 1917
Jenno Topping, por Ford vs Ferrari
Pippa Harris, por 1917
Shannon McIntosh, por Era uma Vez em Hollywood

Atriz
Charlize Theron, por O Escândalo
Cynthia Erivo, por Harriet
Renée Zellweger, por Judy

Saoirse Ronan, por Adoráveis Mulheres
Scarlett Johansson, por História de um Casamento

Atriz coadjuvante
Florence Pugh, por Adoráveis Mulheres
Kathy Bates, por O Caso Richard Jewell
Laura Dern, por História de um Casamento
Margot Robbie, por O Escândalo

Scarlett Johansson, por Jojo Rabbit

Roteiro adaptado
Greta Gerwig, por Adoráveis Mulheres

Roteiro original
Krysty Wilson-Cairns, por 1917

Animação (diretoras/produtoras)
Arianne Sutner, por Link Perdido
Bonnie Arnold, por Como Treinar o Seu Dragão 3
Jinko Gotoh, por Klaus
Marisa Román, por Klaus

Documentário (produtoras)
Kirstine Barfod, por The Cave
Joanna Natasegara, por Democracia em Vertigem
Julia Reichert, por Indústria Americana
Petra Costa, por Democracia em Vertigem
Sigrid Dyekjær, por The Cave
Tamara Kotevska, por Honeyland
Waad al-Kateab, por For Sama

Filme internacional
Honeyland, de Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov (Macedônia do Norte)

Edição
Thelma Schoonmaker, por O Irlandês

Figurino
Arianne Phillips, por Era uma Vez em Hollywood
Jacqueline Durran, por Adoráveis Mulheres
Mayes C. Rubeo, por Jojo Rabbit
Sandy Powell, por O Irlandês

Cabelo e maquiagem
Anne Morgan, por O Escândalo
Kay Georgiou, por Coringa
Naomi Donne, por 1917
Nicki Ledermann, por Coringa

Rebecca Cole, por 1917
Vivian Baker, por O Escândalo

Design de produção
Barbara Ling, por Era uma Vez em Hollywood
Nancy Haigh, por Era uma Vez em Hollywood
Nora Sopková, por Jojo Rabbit
Regina Graves, por O Irlandês

Trilha sonora original
Hildur Guðnadóttir, por Coringa

Canção original
Cynthia Erivo, por Stand Up”, do filme Harriet
Diane Warren, por “I’m Standing With You”, do filme Superação: O Milagre da Fé
Kristen Anderson-Lopez, por “Into the Unknown”, do filme Frozen 2

Edição de som
Rachael Tate, por 1917

Curta de live-action (diretoras/produtoras)
Delphine Girard, por A Sister

Meryam Joobeur, por Brotherhood

Curta de animação (diretoras/produtoras)
Daria Kashcheeva, por Dcera
Karen Rupert Toliver, por Hair Love
Kathryn Hendrickson, por Kitbull
Rosana Sullivan, por Kitbull
Siqi Song, por Sister

Curta de documentário (diretoras/produtoras)
Carol Dysinger, por Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)
Colette Sandstedt, por Walk Run Cha-Cha
Elena Andreicheva, por Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)
Kristine Samuelson, por Life Overtakes Me
Laura Nix, por Walk Run Cha-Cha
Smriti Mundhra, por St. Louis Superman

Mais sobre o Oscar 2020:
Adoráveis Mulheres é o 14° longa dirigido por mulher a disputar melhor filme
+ Cynthia Erivo é a única atriz negra que concorre ao Oscar em 2020
Thelma Schoonmaker empata recorde de indicações ao Oscar de montagem

Hildur Guðnadóttir é indicada ao Oscar de melhor trilha sonora original
Os longas dirigidos por mulheres que já disputaram o Oscar de melhor filme
Veja todas as mulheres que já foram indicadas ao Oscar de direção

Deixe um comentário

Top