Hildur Guðnadóttir é primeira mulher a vencer Oscar de trilha sonora desde 1997

A islandesa Hildur Guðnadóttir tornou-se a quarta mulher na história a ganhar o Oscar em categorias de trilha sonora. A compositora foi premiada neste domingo (9) pelo trabalho em Coringa, de Todd Phillips, e terminou seu discurso dizendo: "Às meninas, às mulheres, às mães, às filhas que escutam música dentro de si, por favor, falem alto. Precisamos ouvir a voz de vocês." Leia

Conheça Hildur Guðnadóttir, única mulher indicada ao Oscar 2020 de trilha sonora

Aquecendo os motores para o Oscar 2020, que ocorre em 9 de fevereiro, o Mulher no Cinema vai publicar, diariamente, um breve perfil de todas as profissionais indicadas em cada uma das categorias. Oscar 2020: Confira a lista completa com todas as mulheres indicadas Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Já falamos sobre as mulheres que concorrem a melhor filme, atriz, atriz coadjuvante, roteiro original, roteiro adaptado, animação, documentário, filme internacional, montagem, figurino, cabelo e maquiagem, design

Hildur Guðnadóttir é indicada ao Oscar de melhor trilha sonora original

A compositora islandesa Hildur Guðnadóttir recebeu sua primeira indicação ao Oscar nesta segunda-feira (13). Ela vai disputar o prêmio de melhor trilha sonora original por Coringa. Oscar 2020: Veja todas as mulheres indicadas ao prêmio deste ano Leia também: Democracia em Vertigem disputará Oscar de documentário Globo de Ouro: Hildur Guðnadóttir é 1ª mulher a ganhar sozinha o prêmio de trilha sonora Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse

Oscar 2020: Veja todas as mulheres indicadas

Petra Costa, Cynthia Erivo, Florence Pugh, Thelma Schoonmaker, Laura Dern e Waad al-Kateab são algumas das mulheres que disputarão prêmios na 92ª edição do Oscar. Anunciadas nesta segunda-feira (13), as indicações foram decepcionantes (mas não surpreendentes): como no ano passado e em outras 86 edições do prêmio, nenhuma mulher vai concorrer na categoria de direção. Leia também: Democracia em Vertigem disputará Oscar de documentário Saiba

Hildur Guðnadóttir é 1ª mulher a ganhar sozinha o Globo de Ouro de trilha sonora

A islandesa Hildur Guðnadóttir fez história no Globo de Ouro neste domingo (5): tornou-se a primeira mulher a vencer sozinha na categoria de trilha sonora original. Ela foi reconhecida pelo trabalho em Coringa.  Globo de Ouro: Leia o discurso de Michelle Williams na íntegra e em português Saiba mais: Awkwafina faz história ao ganhar Globo de Ouro de melhor atriz Leia também: Globo de

Top