5 filmes de diretoras para ver em agosto na Netflix

Todo mês o Mulher no Cinema escolhe cinco filmes dirigidos por mulheres que podem ser vistos em casa mesmo, no conforto da Netflix. São títulos de diferentes gêneros, que mostram a variedade da produção feminina e ajudam naqueles dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem. Veja os destaques do mês de agosto: "O Afogamento" [The Drowning,

Veja todos os longas de diretoras que já concorreram ao Oscar de filme estrangeiro

Se as mulheres de Hollywood estão historicamente sub-representadas no Oscar, será que o mesmo acontece na categoria dedicada a celebrar os filmes estrangeiros? A resposta, infelizmente, é sim: mulheres dirigiram apenas 23 dos 310 longas-metragens indicados ao troféu entre 1957 e 2018, o equivalente a apenas 7,4%. Leia também: Todos os longas dirigidos por mulheres que concorreram ao Oscar de melhor filme Saiba

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema lista os filmes dirigidos, escritos e centrados em mulheres que chegam aos cinemas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 24 de novembro. "A Chegada" [Arrival, EUA, 2016] Após uma invasão alienígena na Terra, a linguista Louise Banks é chamada para tentar decifrar a linguagem dos extraterrestres e descobrir seus planos. Estrelado por Amy Adams, com direção de Denis Villeneuve. https://www.youtube.com/watch?v=rNciXGzYZms "Elis" [Brasil,

“Rainha de Katwe”: Lupita Nyong’o no trailer do filme de Mira Nair

A Disney divulgou o trailer nacional de Rainha de Katwe, novo filme da diretora Mira Nair (Salaam Bombay! e Um Casamento à Indiana). Exibido no Festival de Toronto, o longa é a cinebiografia de Phiona Mutesi, jovem de Uganda que superou adversidades para tornar-se campeã mundial de xadrez. O papel principal é da novata Madina Nalwanga, que contracena com Lupita Nyong’o e David Oyelowo. 20520

5 filmes dirigidos por mulheres para ver este mês na Netflix

Todo mês o Mulher no Cinema lista longas dirigidos por mulheres para serem vistos em casa mesmo, no conforto da Netflix. São títulos de diferentes gêneros, que mostram a diversidade da produção feminina e ajudam naqueles dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem. Veja os destaques do mês de janeiro: "A Árvore" [The Tree, França/Austrália/Alemanha/Itália, 2010] Após a morte

Top