Julia Murat fala sobre “Pendular” e a persistência para fazer cinema

Em 1980, Marina Abramovic e seu então companheiro, Ulay, realizaram The Other: Rest Energy, perfomance na qual o casal segurava um arco tensionado apenas pelo peso de seus próprios corpos e apontava uma flecha para o coração da artista sérvia. Neste exercício de confiança e equilíbrio, nenhuma das partes poderia se soltar. Rest Energy serviu de inspiração para Pendular, longa de Julia Murat que chega

Estreias da semana: as mulheres que chegam às telas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e centrados em mulheres que chegam aos cinemas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 21 de setembro. "Divórcio" [Brasil, 2017] Noeli (Camila Morgado) e Júlio (Murilo Benício) enriquecem de repente após criarem um molho de tomate. Com o passar do tempo, os dois se distanciam e um incidente na estrada serve de gota d'água

Veja o trailer de “Pendular”, filme de Julia Murat exibido em Berlim

Diretora de Histórias que Só Existem Quando Lembradas, Julia Murat está de volta com Pendular, longa que recebeu o prêmio da Federação Internacional de Críticos de Cinema (FIPRESCI) no Festival de Berlim e que estreia em 21 de setembro. Pendular conta a história de um jovem casal que se muda para um galpão abandonado. No lado direito do galpão, ele monta um

Festival de Berlim seleciona dois longas-metragens de diretoras brasileiras

Dois filmes brasileiros foram selecionados para a mostra Panorama do Festival de Berlim - ambos dirigidos por mulheres. Vazante, de Daniela Thomas, e Pendular, de Julia Murat, estarão no line-up do festival, que será realizado em fevereiro. Vazante é o primeiro longa-metragem solo de Daniela Thomas, que codirigiu Terra Estrangeira (1995) e Linha de Passe (2008) com Walter Salles. O filme se

Top