Os 30 filmes mais aguardados de 2019

Greta Gerwig, Dee Rees, Glenda Nicácio, Desiree Akhavan, Marielle Heller e Gabriela Amaral Almeida são algumas das diretoras que devem chegar aos cinemas em 2019. O ano também será de lançamentos badalados dirigidos ou estrelados por mulheres, incluindo Capitã Marvel, Nós, As Panteras e X-Men: A Fênix Negra.

Apoie: Colabore mensalmente com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo
Retrospectiva: Os principais acontecimentos para as mulheres no cinema em 2018

Top 10: Os melhores filmes dirigidos ou estrelados por mulheres em 2018

Mulher no Cinema selecionou 30 filmes com mulheres em frente ou por trás das câmeras que estão entre os mais aguardados.  Alguns já foram lançados no exterior e em breve estarão em cartaz nas salas do Brasil; outros ainda não têm data para chegar aqui, mas a estreia mundial está prevista para esse ano. Fique de olho!

Capitã Marvel
O filme estrelado por Brie Larson está para 2019 como Mulher-Maravilha estava para 2017: se for sucesso, reforçará a ideia de que o público quer mais mulheres nos filmes inspirados em quadrinhos. Capitã Marvel tem direção de Anna Boden e Ryan Fleck, de Parceiros de Jogo (2015), e conta a história da alter ego de Carol Danvers, piloto de avião que sofre uma mutação e desenvolve superpoderes. Estreia em 7 de março.

Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos
Dirigido pela brasileira Renée Nader Messora e pelo português João Salaviza, este misto de documentário e ficção ganhou o prêmio do júri na mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes. Rodado ao longo de nove meses na aldeia Pedra Branca (Terra Indígena Krahô, no Tocantins), conta a história de Ihjãc, jovem que foge para a cidade para escapar do feitiço de um pajé. Estreia: 18/04. Leia entrevista com a diretora

Deslembro
O primeiro longa de ficção da diretora Flavia Castro fez uma boa carreira nos festivais no ano passado. Conta a história de Joana, adolescente que está morando em Paris com a família quando a Anistia é decretada no Brasil. Rapidamente, e contra a sua vontade, ela tem de voltar para um país do qual mal se lembra. Mas Joana encontra seu passado no Rio de Janeiro, onde seu pai desapareceu nos porões do DOPS. Estreia: 09/05

Duas Rainhas
As atrizes Saoirse Ronan e Margot Robbie dividem a cena neste drama histórico dirigido por Josie Rourke, que é diretora artística do teatro Donmar Warehouse, em Londres, e escrito por Beau Willimon, conhecido principalmente pela série House of Cards. Ronan interpreta Maria Stuart, rainha da Escócia, que tenta derrubar sua prima, Elizabeth 1ª, rainha da Inglaterra. Estreia no Brasil: 14/02

Fast Color
Gugu Mbatha-Raw estrela esta ficção científica dirigida por Julia Hart, de Miss Stevens (2016), também coautora do roteiro ao lado de Jordan Horowitz, produtor de La La Land: Cantando Estações (2016). O filme conta a história de uma mulher obrigada a fugir depois que suas habilidades superpoderosas são descobertas. Anos após abandonar sua família, ela precisa voltar para casa para se esconder. Sem previsão de estreia.

A Favorita
Destaque da temporada de prêmios, o filme de Yorgos Lanthimos, de Dente Canino (2009) e O Lagosta (2015), reúne três atrizes em ótima forma: Olivia Colman, Rachel Weisz e Emma Stone. Na Inglaterra do século 18, Sarah Churchill (Weisz) exerce grande influência na corte por ser confidente e amante da rainha Ana (Colman). Mas a chegada de Abigail (Stone) ameaça seu posto de favorita. Estreia no Brasil: 24/01.

Gloria Bell
Juliane Moore será a estrela desta versão americana do chileno Gloria (2013), que acompanha uma mulher de 50 e poucos anos que busca o amor em casas noturnas de Los Angeles. Em geral este tipo de versão não anima muito, mas, além da talentosíssima Julianne Moore, o filme tem outro trunfo: Sebastián Lelio, diretor do longa original e dos ótimos Uma Mulher Fantástica (2017) e Desobediência (2018). Sem previsão de estreia.

High Life
A expectativa é grande em torno do novo filme de Claire Denis, de Bom Trabalho (1995) e 35 Doses de Rum (2008). Seu primeiro longa em inglês é uma ficção científica sobre criminosos que aceitam participar de uma perigosa missão até um buraco negro. Nessa jornada, pai e filha lutam para sobreviver conforme ficam cada vez mais isolados. No elenco, Robert Pattinson, Juliette Binoche e Mia Goth. Sem previsão de estreia.

Ilha
No ano passado, enquanto curtiam o sucesso de Café com Canela nos cinemas, a dupla Glenda Nicácio e Ary Rosa já rodava festivais com seu segundo longa-metragem. Ilha conta a história de Emerson, jovem da periferia que quer fazer um filme que fale sobre sua vida em um lugar de onde nativos nunca conseguem sair. Para isso, sequestra Henrique, um premiado cineasta. Sem previsão de estreia.

The Kitchen
Melissa McCarthy, Elisabeth Moss e Tiffany Haddish estão no elenco deste longa que remete ao recente As Viúvas. Ambientado na Nova York dos anos 1970, o filme acompanha mulheres que decidem continuar as operações de seus maridos gângsters após eles serem presos. É a estreia na direção de Andrea Berloff, indicada ao Oscar de roteiro por Straight Outta Compton: A História do N.W.A. (2015). Estreia no Brasil: 05/12

The Nightingale
Primeiro longa da diretora Jennifer Kent após o elogiado terror O Babadook (2014), The Nightingale se passa na Tasmânia, em 1825, e é centrado em uma jovem irlandesa que tem sua família assassinada por um soldado britânico. Ela, então, sai em busca de vingança ao lado de um homem aborígene. Foi o único filme dirigido por mulher na competição do último Festival de Veneza. Sem previsão de estreia no Brasil.

The Last Thing He Wanted
Depois do sucesso de Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississippi (2017), a diretora Dee Rees volta a unir forças com a Netflix, agora para adaptar um romance escrito por Joan Didion. Anne Hathaway interpreta Elena McMahon, uma jornalista que começa a negociar armas para uma agência do governo. Sem previsão de estreia.

Late Night
O filme da diretora Nisha Ganatra coloca uma mulher no comando de um talk-show noturno da TV americana (algo em falta na vida real). Emma Thompson interpreta a apresentadora Katherine, que suspeita estar prestes a perder o programa. O roteiro é assinado por Mindy Kaling. Sem previsão de estreia no Brasil.

Little
Uma versão ao contrário de Quero Ser Grande (1988) e De Repente 30 (2004): é essa a premissa do filme dirigido e co-escrito por Tina Gordon Chism. No longa, uma mulher surta com as pressões da vida adulta e se vê transportada de volta para a infância. O ótimo elenco tem Regina Hall, de Viagem das Garotas (2017); Marsai Martin, da série Black-ish; e Issa Rae, a criadora e protagonista de Insecure. Sem previsão de estreia.

Little Women
Uma versão do livro Mulherzinhas, de Louisa May Alcott (1832-1888), escrita e dirigida por Greta Gerwig e estrelada por Saoirse Ronan, Meryl Streep, Laura Dern, Emma Watson, Florence Pugh e Eliza Scanlen. Precisa falar mais alguma coisa? Sem previsão de estreia.

O Mau Exemplo de Cameron Post
Grande vencedor do Festival de Sundance de 2018, o filme de Desiree Akhavan conta a história de uma adolescente que, após ser vista aos beijos com outra garota, é enviada pelos tios a um centro de “cura gay”. Estrelado por Chloë Grace Moretz e Sasha Lane, passou na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo do ano passado e estreia comercialmente em abril. Leia a crítica do filme

Memoria
Já imaginou um filme que reúna a atriz Tilda Swinton e o diretor Apichatpong Weerasethakul, de Tio Boonmee, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (2010)? Pois é isso que Memoria vai fazer, contando a história de uma mulher escocesa que, durante uma viagem a Colômbia, começa a ouvir sons estranhos. Sem previsão de estreia.

Nós
Lupita Nyong’o é a estrela do novo filme de Jordan Peele, diretor de Corra!. Ela interpreta Adelaide Wilson, uma mulher que viaja com o marido e os filhos para a casa de verão onde passou boa parte de sua infância. A viagem se transforma em pesadelo quando um trauma inexplicável volta a assombrá-la e os Wilson são forçados a enfrentar o pior adversário possível: eles mesmos. Estreia no Brasil: 21/03. Veja o trailer

As Panteras
O mundo precisa de um novo filme inspirado na série dos anos 1970? A diretora Elizabeth Banks tentará mostrar que sim, acompanhada das atrizes Kristen Stewart, Naomi Scott e Ella Balinska. Pouco se sabe sobre a trama, além de que as garotas serão parte de uma agência internacional de inteligência. Estreia no Brasil: 31/10

Poderia me Perdoar?
Um timaço de mulheres está por trás desta comédia: a diretora é Marielle Heller, de O Diário de uma Adolescente (2015); o roteiro, coescrito por Nicole Holofcener, de À Procura do Amor (2013); e a atriz, Melissa McCarthy, nome forte nas bilheterias. O longa é baseado nas memórias de Lee Israel (1939-2014), escritora que, após perder popularidade, passou a fazer falsificações para ganhar dinheiro. Estreia no Brasil: 07/02

Projeto sem título de Miranda July
Sem lançar longas desde O Futuro (2011), a diretora Miranda July voltará às telas com um projeto ainda sem título sobre uma mulher que é convidada pelos pais criminosos a participar de um grande golpe. O elenco tem Gina Rodriguez, Evan Rachel Wood e Debra Winger. Sem previsão de estreia.

The Rhythm Section
Reed Morano estabeleceu uma sólida carreira como diretora de fotografia antes de estrear na direção com Meadowland (2015) e, depois, ser premiadíssima por seu trabalho na primeira temporada da série The Handmaid’s Tale. Seu terceiro longa na direção é este thriller de ação baseado no livro de Mark Burnell, que também assina a adaptação para as telas. Nele, Blake Lively é uma mulher que busca se vingar das pessoas que orquestraram o acidente de avião que matou sua família. Estreia no Brasil: 21/02.

A Sombra do Pai
Depois de O Animal Cordial, um dos melhores filmes de 2018, a diretora Gabriela Amaral Almeida, já está de volta. Desta vez, conta a história de Dalva, garota de apenas nove anos que é obrigada a virar “o adulto da casa”: sua mãe morreu, seu pai está doente e sua tia deixa a casa para se casar. Com a inversão da ordem natural das coisas, a infância se torna uma saga e a paternidade, uma condenação. Estreia prevista para abril ou maio.

Star Wars: Episódio 9
Sabe-se pouquíssimo sobre a trama do filme que vai encerrar a nova trilogia da franquia, depois de O Despertar da Força (2015) e Os Últimos Jedi (2017). Mas a curiosidade é grande pela conclusão da saga de Rey (Daisy Ridley) e pelo modo como o diretor J.J. Abrams vai homenagear Carrie Fisher, a eterna princesa Leia, que morreu em 2016. Estreia no Brasil: 19/12.

Varda by Agnès
Aos 90 anos e depois do maravilhoso Visages, Villages (2017), Agnès Varda mostrará seu novo filme no Festival de Berlim. De acordo com a sinopse oficial, trata-se de “um documentário imprevisível de uma contadora de histórias fascinante”, que fala sobre a experiência de Varda como diretora e reflete sobre o que ela chama de “cine-escrita”, enquanto viaja por lugares como Paris, Los Angeles e Pequim. Sem previsão de estreia.

La Vérité
Catherine Deneuve e Juliette Binoche interpretarão mãe e filha no novo filme do diretor japonês Hirokazu Koreeda, baseado em uma peça escrita por ele há 15 anos e nunca produzida. Binoche será uma mulher que vive nos Estados Unidos com o marido (Ethan Hawke), mas volta para a França quando sua mãe (Deneuve), uma atriz conhecida, publica uma autobiografia. Sem previsão de estreia.

Vita and Virginia
Gemma Arterton interpreta Vita Sackville-West (1892-1962) e Elizabeth Debicki é Virginia Woolf (1882-1941) no novo filme da diretora Chanya Button, de Burn Burn Burn (2015). Baseado na peça homônima de Eileen Atkins, o longa retrata o relacionamento entre as duas escritoras. Sem previsão de estreia.

Where’d You Go, Bernadette
Cate Blanchett e Kristen Wiig estão no elenco do longa inspirado no livro de Maria Semple e dirigido por Richard Linklater, de Boyhood (2014) e Antes do Amanhecer (1995). Blanchett interpreta Bernadette, uma mulher com crise de ansiedade que desaparece logo antes de uma viagem de família. Sua filha adolescente, Bee, faz tudo o que pode para encontrá-la. Estreia no Brasil: 25/04

Wine Country
Uma das melhores comediantes americanas vai chegar aos cinemas como diretora: Amy Poehler, que até agora tinha dirigido somente para a televisão. O filme conta a história de um grupo de amigas de longa data que faz uma viagem para celebrar os 50 anos de uma delas. O elenco tem, além da própria Poehler, Tina Fey, Maya Rudolph e Cherry Jones. Sem previsão de estreia.

X-Men: A Fênix Negra
A personagem Fênix Negra agora está no centro da trama de um filme da franquia X-Men. Sophie Turner é quem assume o papel de Jean Grey no longa dirigido por Simon Kinberg, que mostra como ela desenvolveu superpoderes e se transformou na Fênix. Jessica Chastain também está no elenco. Estreia no Brasil: 06/06


Luísa Pécora é jornalista, criadora e editora do Mulher no Cinema

Deixe um comentário

Top