“Toni Erdmann” e mais dois filmes de Maren Ade serão exibidos no Rio

Três filmes da diretora alemã Maren Ade, incluindo o premiado Toni Erdmann (2016), serão exibidos entre 9 e 22 de fevereiro no cinema do Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro. Leia também: Saiba mais sobre Maren Ade, diretora de Toni Erdmann Toni Erdmann competiu no Festival de Cannes do ano passado, foi eleito o melhor filme de 2016 pelas revistas Cahiers du Cinéma e Sight

Só 1 mulher segue na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro

A diretora alemã Maren Ade é a única mulher que continua na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro. A comédia Toni Erdmann está entre os nove semifinalistas a uma indicação ao prêmio, divulgados nesta quinta-feira (15) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Leia também: Saiba mais sobre Maren Ade, a diretora de Toni Erdmann Concorrer ao Oscar de filme estrangeiro é um processo de

“Toni Erdmann” lidera indicações ao Prêmio do Cinema Europeu

Dirigido pela cineasta Maren Aden, Toni Erdmann é o líder de indicações ao Prêmio do Cinema Europeu. O longa vai disputar troféus em cinco categorias: melhor filme, direção, roteiro, ator e atriz. Leia também: Conheça Maren Ade, a diretora que brilhou em Cannes Na categoria principal, Toni Erdmann concorre com quatro filme dirigidos por homens: Elle, de Paul Verhoeven; Eu, Daniel Blake, de

Alemanha escolhe “Toni Erdmann” como candidato ao Oscar

Como era de se esperar, a Alemanha escolheu Toni Erdmann como seu candidato ao Oscar de filme estrangeiro. O longa dirigido por Maren Ade participou da competição do Festival de Cannes e foi muito elogiado pela crítica internacional. Leia mais: Conheça Maren Ade, a diretora que brilhou em Cannes A comédia, ainda inédita no Brasil, também entrou para a lista da BBC de 100

Quem é Maren Ade, a diretora alemã que brilhou em Cannes

"Muito depois que o júri do Festival de Cannes tiver se dissolvido e o mundo tiver esquecido quem ganhou os prêmios deste ano, a edição de 2016 será lembrada principalmente como o ano em que Maren Ade nos deu Toni Erdmann, um trabalho de grande beleza, grande sentimento e grande cinema." Assim escreveu a crítica de cinema Manohla Dargis no New

Top