Angela Schanelec ganha prêmio de direção em Berlim

A alemã Angela Schanelec ganhou o prêmio de direção na edição deste ano do Festival de Berlim, encerrada neste sábado (16). Ela foi premiada pelo longa I Was at Home, But, um dos sete filmes dirigidos por mulheres na competição principal, um recorde na história do evento. Leia também: Quem é Mariette Rissenbeek, a nova diretora-executiva da Berlinale? Em I Was at

Quem é Mariette Rissenbeek, a nova diretora executiva da Berlinale?

Após 17 anos sob o comando do jornalista e crítico de cinema alemão Dieter Kosslick, a partir de 2020 o Festival Internacional de Cinema de Berlim será dirigido pela holandesa Mariette Rissenbeek. Ela será a primeira mulher responsável por um evento de cinema europeu do porte de Berlim, Cannes e Veneza. Leia também: Angela Schanelec ganha prêmio de direção no Festival de

Primeiro longa de Adina Pintilie ganha Urso de Ouro em Berlim

Pelo segundo ano consecutivo, um filme dirigido por mulher foi o grande ganhador do Festival de Berlim. Touch Me Not, da diretora romena Adina Pintilie, venceu o Urso de Ouro na edição deste ano, encerrada nesta sábado (24). Leia também: Documentário sobre Linn da Quebrada ganha Teddy Award em Berlim Primeiro longa-metragem de Pintilie, Touch Me Not é centrado em uma mulher

“Bixa Travesty” ganha Teddy Awards de melhor documentário

Dirigido por Claudia Priscilla e Kiko Goifman, Bixa Travesty ganhou o troféu de melhor documentário no Teddy Awards, premiação que destaca filmes com temática LGBT no Festival de Berlim. O longa conta a história da artista Linn da Quebrada, que volta a aparecer no cinema depois de ser uma das personagens de Meu Corpo É Político, de Alice Riff. O júri do

“On Body and Soul”, de Ildikó Enyedi, ganha Urso de Ouro

On Body and Soul, dirigido pela cineasta húngara Ildikó Enyedi, ganhou o Urso de Ouro no Festival de Berlim. Trata-se do principal prêmio do evento, que foi encerrado neste sábado (18). Ambientado em um matadouro de Budapeste, On Body and Soul acompanha o romance entre uma jovem tímida e seu chefe, também quieto como ela. Enyedi também é ganhadora do prêmio Câmera

Filme de Laís Bodanzky será exibido em Berlim

Mais um filme de diretora brasileira foi confirmado na mostra Panorama do Festival de Berlim: Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky, estará na programação oficial, assim como Pendular, de Julia Murat, e Vazante, de Daniela Thomas. Leia também: Laís Bodanzky vai dirigir filme sobre Dom Pedro 1º com Cauã Reymond Como Nossos Pais tem Maria Ribeiro no papel de Rosa, que passa por um momento de

Festival de Berlim seleciona dois longas-metragens de diretoras brasileiras

Dois filmes brasileiros foram selecionados para a mostra Panorama do Festival de Berlim - ambos dirigidos por mulheres. Vazante, de Daniela Thomas, e Pendular, de Julia Murat, estarão no line-up do festival, que será realizado em fevereiro. Vazante é o primeiro longa-metragem solo de Daniela Thomas, que codirigiu Terra Estrangeira (1995) e Linha de Passe (2008) com Walter Salles. O filme se

Quatro filmes dirigidos por mulheres vão competir em Berlim

Quatro filmes dirigidos por mulheres já estão garantidos na competição do Festival de Berlim. A organização do evento anunciou os primeiros dez títulos que disputarão o Urso de Ouro nesta quinta-feira (15). Entre eles estão On Body and Soul, de Ildiko Enyedi; Colo, de Teresa Villaverde (foto); The Party, de Sally Porter; e Pokot, de Agnieszka Holland. Todos farão sua estreia

Festival de Berlim: Mia Hansen-Love ganha prêmio de direção

A francesa Mia Hansen-Love ganhou o prêmio de melhor direção no Festival de Berlim, encerrado neste sábado (20), pelo filme L'avenir. No longa, Isabelle Huppert interpreta uma professora de filosofia que enfrenta diferentes crises: a morte da mãe, a demissão do emprego e a descoberta da traição do marido. Hansen-Love dirigiu O Pai dos Meus Filhos, Adeus, Primeiro Amor e Eden, entre outros.

Mulheres serão maioria no júri do Festival de Berlim

Quatro mulheres farão parte do júri do Festival de Berlim, que ocorre entre 11 e 21 de fevereiro. Uma delas já tinha sido anunciada: a atriz americana Meryl Streep, que vai presidir o corpo de jurados. As outras foram conhecidas nesta terça-feira (2). São elas: a fotógrafa francesa Brigitte Lacombe, a atriz italiana Alba Rohrwacher e a diretora polonesa Małgorzata Szumowska. Os homens do júri são o

Top