Diretoras dominam premiação do Festival do Rio

Cineastas mulheres foram as estrelas da premiação do Festival do Rio, encerrado neste domingo (15), num reflexo da forte presença feminina nos filmes em competição: dos nove títulos selecionados para a mostra Première Brasil deste ano, sete foram dirigidos ou codirigidos por mulheres. Nova parceria de Juliana Rojas e Marco Dutra, As Boas Maneiras teve grande destaque, levando os troféus de melhor longa-metragem de

Veja as mulheres premiadas no Festival de Brasília

Filmes dirigidos por Dácia Ibiapina, Glenda Nicário, Jéssica Queiroz e Laís Melo foram alguns dos premiados na 50ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, encerrado neste domingo (24). O Júri Popular consagrou Café com Canela, dirigido por Glenda Nicário em parceria com Ary Rosa, como o melhor longa-metragem, e Carneiro de Ouro, de Dácia Ibiapina, como o melhor curta. Já

Festival do Rio terá Jane Campion, Kathryn Bigelow e Lucrecia Martel

Novos trabalhos de diretoras como Jane Campion, Kathryn Bigelow, Lucrecia Martel e Agnieszka Holland estarão na programação do Festival do Rio, que ocorre de 5 a 15 de outubro. O evento divulgou os títulos internacionais da programação nesta semana - os nacionais já haviam sido anunciados. Jane Campion estará na programação com episódios de Top of the Lake: China Girl, segunda temporada da série

10 filmes dirigidos ou estrelados por mulheres para ver no INDIE Festival

Filmes de 15 países estão na programação do INDIE, festival de cinema independente que ocorre em São Paulo (SP) de 13 a 20 de setembro, com sessões no CineSesc e no Espaço Itaú de Cinema. Depois, de 20 a 27 de setembro, o evento fica em cartaz em Belo Horizonte, no Cine Humberto Mauro e no Cine Sesc Palladium. A programação inclui

Mulheres dirigiram 7 de 9 longas de ficção na competição do Festival do Rio

Lúcia Murat, Renata Pinheiro, Juliana Rojas e Júlia Rezende são algumas das diretoras brasileiras que exibirão seus filmes na principal mostra competitiva do Festival do Rio. Neste ano, sete dos nove longas-metragens de ficção na Première Brasil foram dirigidos ou codirigidos por mulheres. São eles: Açúcar, de Renata Pinheiro (em parceria com Sérgio Oliveira); Alguma Coisa Assim, de Mariana Bastos (e

Festa do Cinema Italiano exibe filmes das irmãs Cristina e Francesca Comencini

Dois filmes das diretoras italianas Cristina e Francesca Comencini estão na programação do festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano, que começa nesta quinta-feira (31) em oito cidades brasileiras. Além de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre, pela primeira vez o evento chega também a Salvador e Recife. Filhas do cineasta Luigi Comencini (1916-2007), Cristina e Francesca começaram

“Como Nossos Pais” ganha seis prêmios no Festival de Gramado

O novo longa da diretora Laís Bodanzky, Como Nossos Pais, foi o grande ganhador do Festival de Cinema de Gramado, encerrado neste sábado (26). No total, foram seis troféus: melhor filme, direção, atriz (Maria Ribeiro), ator (Paulo Vilhena), atriz coadjuvante (Clarisse Abujamra) e montagem (Rodrigo Menecucci). Vídeo: Veja o trailer de Como Nossos Pais, dirigido por Laís Bodanzky O filme, que foi

7 filmes dirigidos por mulheres para ver no Festival de Gramado

A 45ª edição do Festival de Cinema de Gramado começa nesta quinta-feira (17) na cidade gaúcha, com quatro filmes dirigidos por mulheres entre os sete que formam a competição nacional. É um grande avanço em relação a 2016, quando a mostra competitiva brasileira do festival não teve títulos realizados por diretoras. Neste ano, o festival dará o Troféu Oscarito, dedicado a grandes nomes do cinema nacional,

Filme de Juliana Rojas e Marco Dutra ganha prêmio em Locarno

Dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra, o filme brasileiro As Boas Maneiras ganhou o prêmio especial do júri na 70ª edição do Festival de Locarno, realizado na Suíça e encerrado neste sábado (12). No filme, Marjorie Estiano interpreta Ana, jovem grávida que contrata a enfermeira Clara (Isabél Zuaa) para ser babá da criança que vai nascer. O comportamento de Ana, porém, vai

“Ninguém Está Olhando”, de Julia Solomonoff, vence Cine Ceará

Dirigido pela cineasta argentina Julia Solomonoff, Ninguém Está Olhando foi o grande vencedor da 27ª edição do Cine Ceará, encerrado na última sexta-feira (11) na cidade de Fortaleza. O longa-metragem recebeu os troféus de Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Edição e o prêmio da crítica (Abraccine). O filme conta a história de Nico, um ator que se muda para Nova York

Top