5 filmes de diretoras para ver em janeiro na Netflix

Todo mês o Mulher no Cinema escolhe cinco filmes dirigidos por mulheres que podem ser vistos em casa mesmo, no conforto da Netflix. São títulos de diferentes gêneros, que mostram a variedade da produção feminina e ajudam naqueles dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem. Veja os destaques do mês de janeiro: "Branquinha" [EUA, 2016] Leah

Os filmes de mulheres que marcaram 2016

"Mãe Só Há Uma", de Anna Muylaert

Fazer lista de melhores filmes do ano é pedir para sofrer: tanta coisa que não deu para ver, tanta coisa boa que ficou de fora, tanta coisa. Mas aqui estou para listar dez longas-metragens - cinco dirigidos por mulheres e cinco estrelados por mulheres - que ficaram na minha memória em 2016. A única regra: que os filmes tenham estreado nos

Crítica: “Janis: Little Girl Blue”, dirigido por Amy J. Berg

Muita gente sabe como Janis Joplin morreu. Uma overdose de heroína em 1970 - antes do lançamento de seu segundo álbum solo, o excelente Pearl - a colocou no chamado "clube dos 27", termo usado para se referir a músicos importantes que morreram jovens. Mas pouca gente sabe como Janis Joplin viveu. E contar esta história é a grande sacada de Janis:

Veja o trailer do documentário “Janis: Little Girl Blue”

O documentário Janis: Little Girl Blue, que retrata a trajetória da cantora Janis Joplin, ganhou data de estreia no Brasil: 7 de julho. O longa é dirigido por Amy J. Berg, cineasta indicada ao Oscar por Livrai-nos do Mal, e traz imagens de arquivo inéditas, trechos de apresentações, correspondências de Joplin e entrevistas com músicos que tocaram com ela. Veja o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=M0iKbR92lYQ

Top