Aos 89 anos, Agnès Varda recebe primeira indicação ao Oscar

Aos 89 anos e com uma carreira de mais de seis décadas, a cineasta Agnès Varda vai concorrer ao Oscar pela primeira vez. Visages, Villages, dirigido em parceria com JR, foi indicado na categoria de melhor documentário na 90ª edição do prêmio, que anunciou seus concorrentes nesta terça-feira (23). O filme estreia no Brasil nesta quinta-feira (25).

Oscar 2018: Confira a lista completa com todas as mulheres indicadas
Saiba mais: 7 mulheres que já fizeram história no Oscar 2018

Em novembro, Varda tornou-se a primeira diretora mulher a receber um Oscar honorário, que celebra o conjunto da obra. Agora, concorre ao prêmio propriamente dito pelo belo filme no qual ela e JR viajam por vilarejos franceses fotografando pessoas comuns, contando suas histórias e compartilhando seus retratos em espaços públicos.

Trata-se do único indicado ao Oscar de documentário com direção feminina. Os demais concorrentes são Abacus: Small Enough to Jail, de Steve James; Icarus, de Bryan Fogel; Last Man in Aleppo, de Firas Fayyad, Steen Johannessen e Hasan Kattan; e Strong Island, de Yance Ford.

A cerimônia do Oscar será realizada em 4 de março.

Acompanhe a cobertura do Oscar 2018:
+
Greta Gerwig é indicada ao Oscar de direção por Lady Bird
+
Dee Rees é primeira mulher negra indicada ao Oscar de roteiro adaptado
Rachel Morrison é a primeira mulher indicada ao Oscar de direção de fotografia
+ Ildikó Enyedi é única diretora indicada ao Oscar de filme estrangeiro
+ Meryl Streep bate o próprio recorde e concorre ao Oscar pela 21ª vez
Seis dos nove indicados a melhor filme têm ao menos uma mulher na produção

Deixe um comentário

Top