Morre Lina Wertmüller, artista contestadora e primeira diretora a disputar o Oscar

A diretora e roteirista italiana Lina Wertmüller, autora de filmes provocadores e primeira mulher a ser indicada ao Oscar de direção, morreu nesta quinta-feira (9), aos 93 anos. De acordo com a imprensa local, a cineasta morreu em sua casa em Roma, mesma cidade em que nasceu. Saiba mais: Conheça todas as mulheres que já concorreram ao Oscar de direção Leia também: Lina

Lina Wertmüller é segunda diretora a receber Oscar honorário

A italiana Lina Wertmüller, primeira mulher a concorrer ao Oscar de direção em 1977, finalmente levou uma estatueta para casa. A cineasta de 91 anos recebeu neste domingo (27) o Oscar honorário, que reconhece “uma obra de distinção extraordinária e contribuições excepcionais às artes e ciências cinematográficas”. Saiba mais: Conheça todas as mulheres que já concorreram ao Oscar de direção Vídeo: Veja o discurso de Agnès Varda

Primeira indicada ao Oscar de direção, Lina Wertmüller receberá troféu honorário

A primeira mulher a concorrer ao Oscar de direção finalmente levará uma estatueta para casa: a cineasta italiana Lina Wertmüller, 90 anos, será homenageada com um Oscar honorário, anunciou a Academia nesta segunda-feira (3). Este troféu especial reconhece "uma obra de distinção extraordinária e contribuições excepcionais às artes e ciências cinematográficas". Saiba mais: Conheça todas as mulheres que já concorreram ao

Veja todos os longas de diretoras que já concorreram ao Oscar de filme internacional

Se as mulheres de Hollywood estão historicamente sub-representadas no Oscar, será que o mesmo acontece na categoria dedicada a celebrar os filmes estrangeiros? A resposta, infelizmente, é sim: mulheres dirigiram apenas 27 dos 330 longas-metragens indicados ao troféu entre 1957 e 2023, o equivalente a apenas 8,2%. Leia também: Os longas dirigidos por mulheres que disputaram o Oscar de melhor filme Saiba mais:

Conheça todas as mulheres que já foram indicadas ao Oscar de melhor direção

Quem ainda duvida de que a desigualdade de gênero seja uma realidade no Oscar só precisa olhar para a categoria de direção para mudar de ideia. Os números, aqui, são bem claros: nos 94 anos em que a premiação existe, apenas sete mulheres foram indicadas ao prêmio - e apenas três ganharam. Leia também: Os longas dirigidos por mulheres que disputaram

Top