Mulheres dirigiram 28% dos candidatos ao Oscar de filme estrangeiro

Dos 92 filmes inscritos na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro, 26 foram dirigidos por mulheres – o equivalente a cerca de 28%. Embora baixo, o índice representa uma melhora significativa em relação a 2016, quando cerca de 18% dos pré-candidatos à estatueta tinham direção ou codireção feminina. A lista completa de pré-indicados foi divulgada nesta quinta-feira (5) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas,

Filme de Mattie Do é primeiro candidato de Laos ao Oscar

Pela primeira vez na história, Laos inscreveu uma produção de seu país na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro. O título escolhido, Dearest Sister, foi dirigido pela cineasta Mattie Do, conhecida como a primeira mulher a dirigir um longa-metragem no país: Chanthaly, lançado em 2012. Dearest Sister acompanha uma mulher pobre, Nok, que vive no interior mas se muda para a capital do

Filme codirigido por Tana Schémbori será candidato do Paraguai no Oscar

Dirigido pela dupla Tana Schémbori e Juan Carlos Maneglia, Los Buscadores foi escolhido para representar o Paraguai na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro. Sucesso de bilheteria no país, o longa conta a história de Manu, jovem que decide embarcar em busca de um tesouro, munido de um mapa. Concorrer ao Oscar de filme estrangeiro é um processo de três fases. Primeiro,

“Zama”, de Lucrecia Martel, será o candidato da Argentina no Oscar

O novo trabalho de Lucrecia Martel, Zama, foi escolhido para representar a Argentina na busca pelo Oscar. O longa tem coprodução da empresa brasileira Bananeira Filmes, de Vania Catani, e será exibido no Festival do Rio. Um dos 30 filmes mais aguardados do ano segundo o Mulher no Cinema, Zama se passa no século 18 e é uma adaptação do livro escrito por Antonio Di Benedetto e publicado em 1954. Conta

Armênia seleciona “Eva”, de Anahid Abad, como candidato ao Oscar

Dirigido pela cineasta Anahid Abad, Eva será o candidato oficial da Armênia a uma indicação inédita ao Oscar de filme estrangeiro. O longa é uma coprodução com o Irã e conta a história de uma mulher que busca deixar seu traumático passado para trás. Por isso, foge com sua filha da capital da Armênia, Erevan, para o vilarejo de Artsakh. Concorrer ao Oscar

Afeganistão escolhe filme de Roya Sadat como candidato ao Oscar

A Letter to the President, dirigido pela cineasta Roya Sadat, foi escolhido como o candidato oficial do Afeganistão no Oscar. O longa buscará uma inédita indicação para o país na categoria de filme estrangeiro. O drama é centrado em Soraya (Leena Alam), presa por lutar contra punições brutais para mulheres baseadas em regras tribais. Sua única chance de libertação e sobrevivência é um

Cingapura escolhe “Pop Aye”, de Kirsten Tan, como candidato ao Oscar

Ganhador de um prêmio especial do júri no Festival de Sundance, Pop Aye, dirigido pela cineasta Kirsten Tan, foi escolhido para representar Cingapura na busca pelo Oscar de filme estrangeiro. O longa é ambientado na Tailândia e acompanha um arquiteto que se reencontra com um elefante que foi seu na infância. Junto com ele, parte em uma espécie de road trip

Top