Veja o trailer de “Detroit”, dirigido por Kathryn Bigelow

Primeira e única mulher a ganhar o Oscar de direção, Kathryn Bigelow está de volta com Detroit, filme que discute o racismo nos EUA a partir de um episódio real: cinco dias de confrontos que tomaram as ruas da cidade americana em 1967. O estopim do conflito foi uma batida policial em um bar sem licença localizado em um bairro predominante

12 diretoras entram na lista da BBC de 100 filmes do século 21

Doze filmes dirigidos por mulheres entraram na lista de 100 melhores do século 21, publicada pela BBC nesta terça-feira (23). Os títulos foram escolhidos por 177 críticos de diferentes países, que puderam votar em filmes lançados do ano 2000 para cá. De acordo com a BBC, 31% dos profissionais votantes foram mulheres. O filme de diretora mais bem posicionado é Encontros e

5 filmes dirigidos por mulheres para ver em agosto na Netflix

Todo mês o Mulher no Cinema lista longas dirigidos por mulheres para serem vistos em casa mesmo, no conforto da Netflix. São títulos de diferentes gêneros, que mostram a diversidade da produção feminina e ajudam naqueles dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem. Veja os destaques do mês de agosto: "Point Break" [EUA/Japão, 1991] Para tentar

Só um filme de cineasta mulher entra na lista de melhores do Sindicato dos Diretores

Guerra ao Terror, de Kathryn Bigelow, foi o único filme de uma mulher a entrar na lista de 80 maiores realizações na direção divulgada pelo Sindicato de Diretores da América (DGA, na sigla em inglês). Para marcar 80 anos de existência, o DGA pediu que seus membros escolhessem os filmes mais bem dirigidos desde que o grupo foi formado, em 1936. Participaram da votação 2.189

Perguntas do cinema para as mulheres – ou vice-versa?

Há cerca de um mês, por convite do Mulher no Cinema, comecei a ver e rever filmes de diretoras semanalmente. A ideia era aderir à campanha #52FilmsByWomen (conheça mais aqui), para descobrir e divulgar o trabalho das mulheres na direção de cinema. Ao longo deste primeiro mês, assistir ao trabalho destas quatro diretoras tão diferentes, algumas vezes antagônicas, trouxe menos respostas do

Rapidinhas: as novas de Kathryn Bigelow, Jennifer Aniston e mais

+ Kathryn Bigelow, até hoje a única mulher a ganhar o Oscar de direção, anunciou seu próximo projeto: um filme sobre cinco dias de violentos confrontos que tomaram as ruas da cidade americana de Detroit em 1967. O roteiro de Mark Boal, que trabalhou com Bigelow em "Guerra ao Terror" e "A Hora Mais Escura", vai explorar principalmente as tensões raciais que

Rapidinhas: as novas de Nancy Meyers, Scarlett Johansson e mais

+ Nancy Meyers receberá o prêmio de Cineasta do Ano no Golden Eddie Awards, o prêmio do Sindicato dos Editores Americanos. Em comunicado, a direção afirmou que, como roteirista e diretora, Meyers foi responsável "por alguns dos filmes recentes mais queridos"e "foi pioneira na arte de contar histórias centradas em personagens femininas". A entrega do troféu será em 29 de

Top