Crítica: “Cinco Graças”, dirigido por Deniz Gamze Ergüven

Único título dirigido por mulher na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro, "Cinco Graças" é também o primeiro longa-metragem de Deniz Gamze Ergüven no longa-metragem. Nascida na Turquia e criada na França, a diretora de 37 anos estreia no cinema com um filme de mensagem forte e personagens vibrantes. Cinco jovens e talentosas atrizes formam o elenco: Ilayda Akdogan, Tugba Sunguroglu, Elit Iscan, Doga Doguslu e Günes

Crítica: “Linda de Morrer”, dirigido por Cris D’Amato

Em cartaz no Brasil, "Linda de Morrer" mostra que a diretora Cris D'Amato é um dos principais nomes femininos do gênero mais popular do cinema nacional: a comédia. Depois do sucesso de "S.O.S. Mulheres ao Mar" (que terá continuação este ano, de novo com D'Amato), a cineasta se mantém no universo das mulheres com a história de Paula (Gloria Pires), empresária que

Crítica: “A Dama Dourada”, dirigido por Simon Curtis

Uma das grandes decepções do cinema no ano passado foi "Caçadores de Obras-Primas", filme de George Clooney sobre um grupo com a missão de recuperar obras de arte roubadas pelos nazistas. Uma premissa promissora resultou em um filme monótono e incapaz de provocar emoção, suspense ou divertimento. Em cartaz no Brasil, "A Dama Dourada" é uma nova tentativa de Hollywood de abordar o mesmo tema.

Crítica: “O Que as Mulheres Querem”, de Audrey Dana

Fazer piada de estereótipos é o bastante para combater estereótipos? Esta talvez seja a questão-chave para analisar "O Que as Mulheres Querem", comédia escrita e dirigida pela francesa Audrey Dana que está em cartaz no Brasil. É, sem dúvida, um filme feito por e para mulheres. Além de Dana, Murielle Magellan e Raphaëlle Desplechin assinam o roteiro, e o elenco quase inteiramente feminino

Crítica: “Uma Nova Amiga”, dirigido por François Ozon

Dirigido por François Ozon e em cartaz no Brasil, "Uma Nova Amiga" é um filme para os tempos de Caitlyn Jenner, Laverne Cox, "Transparent" e "Tangerine". Ou seja: é um filme para o nosso tempo, no qual os transexuais conquistam mais espaço na mídia, na arte e na discussão sobre igualdade de direitos. Livremente baseada em um conto de Ruth Rendel, a história começa com

Crítica: “Belas e Perseguidas”, dirigido por Anne Fletcher

São duas as principais inspirações de "Belas e Perseguidas", filme de Anne Fletcher que está em cartaz no Brasil. A primeira são as (inúmeras) comédias que tiram humor de protagonistas fisicamente diferentes (no estilo O Gordo e o Magro). A segunda são as recentes comédias de ação estreladas por Melissa McCarthy, em especial o sucesso "As Bem-Armadas". No filme de 2013, McCarthy e Sandra

Crítica: “Os Olhos Amarelos do Crocodilo”, de Cécile Telerman

Exibido no Festival Varilux de Cinema Francês, "Os Olhos Amarelos do Crocodilo" é a versão da diretora Cécile Telerman para o romance de Katherine Pancol. Também autora do roteiro, em parceria com Charlotte de Champfleury, Telerman conta a história de duas irmãs de personalidades e vidas opostas, mas ambas em crise. Joséphine (Julie Depardieu) é tímida, simples, dona de um doutorado sobre a

Top