Mulheres dominam indicações ao troféu de direção no prêmio de cinema alemão

Cineastas mulheres terão forte presença na edição deste ano do Lola Awards, o principal prêmio do cinema da Alemanha, considerado o Oscar do país. Dos quatro indicados ao prêmio de direção, três são mulheres: Maren Ade, por Toni Erdmann; Anne Zohra Berrached, por 24 Weeks; e Nicolette Krebitz, por Wild. O quarto diretor na disputa é Chris Kraus, por The Flowers of Yesterday. Toni Erdmann,

Mulheres no Oscar: conheça a única indicada a filme estrangeiro

Aquecendo os motores para o Oscar 2017, que ocorre em 26 de fevereiro, Mulher no Cinema vai publicar, diariamente, um breve perfil das profissionais femininas indicadas em cada categoria. Já falamos sobre as mulheres que disputam melhor filme, atriz, atriz coadjuvante e roteiro adaptado. A categoria de hoje é filme estrangeiro, e só um dos cinco longas indicados foi dirigido por

“Toni Erdmann” e mais dois filmes de Maren Ade serão exibidos no Rio

Três filmes da diretora alemã Maren Ade, incluindo o premiado Toni Erdmann (2016), serão exibidos entre 9 e 22 de fevereiro no cinema do Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro. Leia também: Saiba mais sobre Maren Ade, diretora de Toni Erdmann Toni Erdmann competiu no Festival de Cannes do ano passado, foi eleito o melhor filme de 2016 pelas revistas Cahiers du Cinéma e Sight

Só 1 mulher segue na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro

A diretora alemã Maren Ade é a única mulher que continua na disputa pelo Oscar de filme estrangeiro. A comédia Toni Erdmann está entre os nove semifinalistas a uma indicação ao prêmio, divulgados nesta quinta-feira (15) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Leia também: Saiba mais sobre Maren Ade, a diretora de Toni Erdmann Concorrer ao Oscar de filme estrangeiro é um processo de

“Toni Erdmann” lidera indicações ao Prêmio do Cinema Europeu

Dirigido pela cineasta Maren Aden, Toni Erdmann é o líder de indicações ao Prêmio do Cinema Europeu. O longa vai disputar troféus em cinco categorias: melhor filme, direção, roteiro, ator e atriz. Leia também: Conheça Maren Ade, a diretora que brilhou em Cannes Na categoria principal, Toni Erdmann concorre com quatro filme dirigidos por homens: Elle, de Paul Verhoeven; Eu, Daniel Blake, de

Alemanha escolhe “Toni Erdmann” como candidato ao Oscar

Como era de se esperar, a Alemanha escolheu Toni Erdmann como seu candidato ao Oscar de filme estrangeiro. O longa dirigido por Maren Ade participou da competição do Festival de Cannes e foi muito elogiado pela crítica internacional. Leia mais: Conheça Maren Ade, a diretora que brilhou em Cannes A comédia, ainda inédita no Brasil, também entrou para a lista da BBC de 100

Quem é Maren Ade, a diretora alemã que brilhou em Cannes

"Muito depois que o júri do Festival de Cannes tiver se dissolvido e o mundo tiver esquecido quem ganhou os prêmios deste ano, a edição de 2016 será lembrada principalmente como o ano em que Maren Ade nos deu Toni Erdmann, um trabalho de grande beleza, grande sentimento e grande cinema." Assim escreveu a crítica de cinema Manohla Dargis no New

Top