“Mãe Só Há Uma”: veja o trailer do novo filme de Anna Muylaert

"Mãe Só Há Uma", de Anna Muylaert

Depois do sucesso de Que Horas Ela Volta?, a diretora Anna Muylaert volta aos cinemas em 21 de julho com Mãe Só Há Uma. O primeiro trailer foi divulgado nesta segunda-feira (6). O filme conta a história de um adolescente que vai viver com outra família após descobrir que foi roubado na marternidade. O elenco tem Matheus Nachtergaele, Naomi Nero e Luciana Paes. Veja

Veja os filmes do mês da mostra de diretoras do Canal Brasil

Março é o último mês da Mostra Cine-Delas, espaço da programação do Canal Brasil dedicado a filmes de diretoras. As exibições são sempre às sextas-feiras, às 22h, com reprise às segundas, às 0h15. Antes da sessão, a diretora  do filme da vez conversa com a cineasta Anna Muylaert. Veja a programação de março: 04/03 - "Justiça" (2004) Direção: Maria Augusta Ramos 11/03 - "A Hora da Estrela"

Veja a programação de fevereiro da mostra de diretoras do Canal Brasil

Fevereiro é o segundo mês da Mostra Cine-Delas, espaço da programação do Canal Brasil dedicado às mulheres do cinema. As exibições são sempre às sextas-feiras, às 22h, com reprise às segundas, às 0h15. Antes da exibição, a diretora  do filme da vez conversa com a cineasta Anna Muylaert. Veja a programação de fevereiro: 05/02 - "Pequeno Dicionário Amoroso (1996) Direção: Sandra Werneck 12/02 - "Como Esquecer"(2010) Direção: Malu

Novo filme de Anna Muylaert é selecionado para o Festival de Berlim

"Mãe Só Há Uma", de Anna Muylaert

Pelo segundo ano consecutivo a diretora brasileira Anna Muylaert terá um filme exibido no Festival de Berlim. Depois de "Que Horas Ela Volta?" ter sido premiado na mostra Panorama em 2015, agora ela volta à mesma seção com "Mãe Só Há Uma". O filme conta a história de um adolescente que vai viver com outra família após descobrir que sua mãe o

Mostra do Canal Brasil exibe 13 filmes dirigidos por mulheres

De janeiro a março o Canal Brasil dará espaço regular da programação às mulheres do cinema. A Mostra Cine-Delas vai exibir 13 filmes de diretoras brasileiras, que também serão entrevistadas pela cineasta Anna Muylaert, de "Que Horas Ela Volta?". As exibições começam no dia 8 de janeiro e serão sempre às sextas-feiras, às 22h, com reprise às segundas, às 0h15. Neste mês, os filmes serão: 08/01

“Que Horas Ela Volta?” será exibido pela TV Globo

Depois do sucesso nos cinemas, "Que Horas Ela Volta?" vai passar pela primeira vez na TV aberta. O filme de Anna Muylaert será exibido pela Globo na noite de 11 de janeiro (segunda-feira), por volta das 23h, logo após "Ligações Perigosas". "Que Horas Ela Volta?" recebeu o prêmio do público na mostra Panorama do Festival de Berlim e o de atuação internacional para

Um ano para não esquecer: a mulher no cinema em 2015

Criar um site em português sobre a participação da mulher no cinema era uma ideia antiga e poderia apontar algumas razões pelas quais finalmente a concretizei em 2015. Entre todas, porém, esta é a razão mais forte: nunca se falou tanto sobre o assunto. Ou ao menos não nos últimos anos e não de forma tão pública. É claro que nada do que aconteceu em

10 filmes de mulheres ou sobre mulheres que marcaram 2015

Fim de ano chegou e o Mulher no Cinema se divide entre a tentação de fazer uma lista de melhores filmes de 2015 e a terrível e constante sensação de estar esquecendo algum (#sofrimento). A ideia foi não pensar muito: apenas listar 10 longas - 5 dirigidos por mulheres, 5 estrelados por mulheres - que ficaram na memória. Uma única regra foi definida:

Críticas mulheres elegem “As Sufragistas” como filme do ano

A Women Film Critics Circle, associação que reúne mulheres que atuam como críticas de cinema nos Estados Unidos, nomeou "As Sufragistas" o melhor filme do ano sobre mulheres e também o melhor filme do ano dirigido por mulher. O brasileiro "Que Horas Ela Volta?", de Anna Muylaert, foi escolhido melhor filme estrangeiro dirigido por mulher ou sobre mulher. Veja todos os prêmios da Women Film Critics: Melhor filme

Oscar: só uma diretora segue na disputa de filme estrangeiro

"Mustang" é o único longa dirigido por uma mulher que continua na disputa por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro. Com direção de Deniz Gamze Ergüven, o candidato francês à estatueta é semi-finalista junto com "O Novíssimo Testamento" (Bélgica), "O Abraço da Serpente" (Colômbia), "A War" (Dinamarca), "The Fencer" (Finlândia), "Labirinto de Mentiras" (Alemanha), "Filho de Saul", (Hungria), "Viva" (Irlanda) e

Top