7 filmes para assistir no Panorama do Cinema Suíço

Começa nesta semana a edição 2016 do Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo, festival que será realizado em São Paulo (15 a 25 de junho), Rio de Janeiro (16 a 27 de junho) e Brasília (18 de junho). No próximo mês, chegará também a São José dos Campos (7 a 22 de julho) e Ribeirão Preto (12 a 31 de julho).

Abaixo, listamos sete filmes da programação que são dirigidos e/ou centrados em mulheres. Para locais, dias e horários de exibição, consulte o catálogo online do festival.

A Andorinha“A Andorinha”
[Die Schwalbe, Suíça, 2016]
Mira, uma jovem suíça em busca de suas raízes, viaja para o Curdistão iraquiano. Lá encontra terrorismo, crimes de guerra e justiça popular – mas também amor. Estrelado pela atriz Manon Pfrunder, o filme é dirigido pelo cineasta Mano Khalil.

Q:_BildarchivFernsehfilme2015Lina3_bearbeitetPressebilder“Lina”
[Suíça, 2015]
Uma mulher de 60 anos que vive em uma isolada fazenda recebe a visita de um homem que diz ser seu filho. Ela, então, recorda sua trajetória e uma trágica história de amor. Com Rabea Egg e Maniela Biedermann, o filme é dirigido por Michael Schaerer.

O Milagre de tEKIR.jpg“O Milagre de Tekir”
[Le miracle de Tekir, Romênia/Suíça, 2015]
Dirigido por Ruxandra Zenide, conta a história de Mara (Dorotheea Petre), mulher solteira que é expulsa de uma vila de pescadores por causa de uma misteriosa gravidez. Ela, então, encontra um emprego em um spa que trata mulheres inférteis.

Muchachas.jpg“Muchachas”
[Suíça/México, 2015]
A morte da avó leva a diretora Juliana Fanjul de volta à Cidade do México, onde nasceu, e a faz refletir sobre sua relação com as empregadas domésticas. No documentário, ela se pergunta: até que ponto também foi responsável pela invisibilidade dessas mulheres?

Mulheres Selvagens“Mulheres Selvagens”
[Wild Women: Gentle Beasts, Suíça/França/Alemanha/
Catar/Rússia, 2015]
A diretora Anka Schmid acompanha o cotidiano de cinco mulheres – Namayca, Carmen, Nadezhda, Aliya e Anosa – que trabalham como domadoras de animais em diferentes partes do mundo.

Sibylle“Sibylle”
[Alemanha/Suíça, 2015]
Sibylle é uma arquiteta que passa férias com a família na Itália. Durante uma caminhada, testemunha o suicídio de uma mulher da sua idade, o que a faz repensar sua própria vida. Estrelado por Anne Ratte-Polle e dirigido por Michael Krummenacher.

O Tempo Nublado.jpg“O Tempo Nublado”
[El Tiempo Nublado, Suíça/Paraguai, 2014]
Filha de um pai ausente, desde jovem a diretora Arami Ullón teve de cuidar da mãe, que sofre de epilepsia e doença de Parkinson. Agora, vive na Suíça com o parceiro, Patrick. Neste documentário, Ullón mostra sua volta ao Paraguai depois que a jovem contratada para cuidar de sua mãe desiste do emprego.

One thought on “7 filmes para assistir no Panorama do Cinema Suíço

Deixe um comentário