Alma Ha’rel ganha prêmio do Sindicato dos Diretores de melhor primeiro filme

A cineasta israelense-americana Alma Ha'rel foi a ganhadora do prêmio de melhor primeiro filme do Sindicato dos Diretores, entregue neste sábado (25). Ela foi reconhecida pelo longa Honey Boy. Leia também: Apenas homens disputarão o Oscar de melhor direção em 2020 Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo Neste ano, três dos indicados nesta categoria eram mulheres. Além de Ha'rel, concorriam Mati

Ava DuVernay concorre pela primeira vez ao prêmio do Sindicato dos Diretores

A minissérie Olhos que Condenam rendeu à Ava DuVernay sua primeira indicação ao prêmio do Sindicato dos Diretores (DGA, na sigla em inglês). A diretora de Selma e A 13ª Emenda concorre na categoria de melhor direção de minissérie ou filme para a televisão. Leia também: Três diretoras concorrem ao prêmio de primeiro filme do DGA Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha

Três diretoras concorrem ao prêmio de primeiro filme do Sindicato dos Diretores

Há boas e más notícias nas indicações deste ano ao prêmio do Sindicato dos Diretores (DGA, na sigla inglês). A má: pela oitava vez em dez anos, nenhuma mulher vai disputar o principal troféu. A boa: três diretoras, sendo duas delas negras, estão entre os cinco cineastas indicados ao prêmio de melhor primeiro filme. Leia também: Filme de Greta Gerwig é

Reed Morano ganha prêmio do Sindicato dos Diretores

Ganhadora do Emmy, Reed Morano levou mais um troféu importante pelo trabalho por trás das câmeras em The Handmaid's Tale: o prêmio do Sindicato dos Diretores de melhor direção de série dramática. Leia também: Cherry Jones entra para o elenco da série The Handmaid's Tale Saiba mais: 20 diretoras que os estúdios precisam contratar, segundo Hollywood Morano é a quarta mulher a ganhar nesta

Greta Gerwig é indicada ao prêmio dos diretores

Pela nona vez em 70 anos, uma mulher foi indicada ao principal prêmio do Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos. Com seu Lady Bird: A Hora de Voar, Greta Gerwig vai concorrer ao troféu, considerado uma importante prévia do Oscar. Gerwig disputará o prêmio com Christopher Nolan, por Dunkirk; Jordan Peele, por Corra!; Guillermo del Toro, por A Forma da Água;

Kelly Fremon Craig é indicada ao prêmio do Sindicato dos Diretores

A americana Kelly Fremon Craig recebeu uma indicação ao prêmio do Sindicato dos Diretores da América por Quase 18. Única mulher nas categorias de ficção, Craig disputará o troféu de melhor direção de longa-metragem de estreia. Os demais indicados são Garth Davis (Lion: Uma Jornada Para Casa), Tim Miller (Deadpool), Nate Parker (O Nascimento de uma Nação) e Dan Trachtenberg (Rua Cloverfield, 10). Quase 18

Só um filme de cineasta mulher entra na lista de melhores do Sindicato dos Diretores

Guerra ao Terror, de Kathryn Bigelow, foi o único filme de uma mulher a entrar na lista de 80 maiores realizações na direção divulgada pelo Sindicato de Diretores da América (DGA, na sigla em inglês). Para marcar 80 anos de existência, o DGA pediu que seus membros escolhessem os filmes mais bem dirigidos desde que o grupo foi formado, em 1936. Participaram da votação 2.189

Marielle Heller é indicada a prêmio dos diretores dos EUA

Como era esperado, nenhuma mulher entrou para a lista de cinco indicados ao prêmio principal do Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos (ou DGA, na sigla em inglês). Porém, uma nova categoria inclui uma mulher: Marielle Heller foi indicada a melhor diretora estreante por "The Diary of a Teenage Girl". Leia mais: 10 curiosidades sobre "The Diary of a Teenage Girl" Nessa categoria

Top