Em edição “virtual”, Emmy premia número recorde de atrizes e atores negros

Em 2015, quando tornou-se a primeira mulher negra a ganhar o Emmy de atriz de série dramática, Viola Davis afirmou: “A única coisa que separa as mulheres negras de qualquer outra pessoa é a oportunidade. Você não pode ganhar um Emmy por papéis que simplesmente não existem.”

A declaração ecoou na cerimônia de 2020: no ano em que indicou número recorde de atores e atrizes negras, o Emmy também premiou número recorde de atores e atrizes negras.

Leia também: Zendaya é mais jovem ganhadora do Emmy de atriz de drama
Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo

Para começar, finalmente uma outra mulher negra venceu na categoria que consagrou Davis cinco anos atrás. Desta vez, o prêmio foi para Zendaya, que aos 24 anos tornou-se a mais jovem ganhadora do Emmy de melhor atriz de série dramática. “Sei que é um momento estranho para celebrar, mas queria dizer que há esperança na juventude”, afirmou a atriz, reconhecida pelo trabalho em Euphoria. “Nosso programa nem sempre parece um bom exemplo disso, mas há esperança na juventude.”

Outras duas atrizes negras foram premiadas nas categorias de minissérie ou filme para a televisão, e ambas vestindo camisetas em homenagem à Breonna Taylor, americana negra de apenas 26 anos que foi morta em março pela polícia da cidade de Louisville. Foram elas Uzo Aduba, que ganhou como coadjuvante por Mrs. America, e Regina King, que levou o troféu de atriz por Watchmen.

Como este foi o quarto prêmio de King, ela agora se une à Alfre Woodward como a pessoa negra que mais ganhou Emmys em categorias de atuação. A trajetória da atriz, aliás, também parece ecoar as palavras de Davis: os quatro prêmios que ela ganhou foram por papéis diferentes, e todos de 2015 para cá. 

Zendaya comemora a vitória histórica no Emmy 2020

Com a vitória de Yahya Abdul-Mateen como melhor ator coadjuvante de minissérie por Watchmen, e os prêmios para Eddie Murphy, Maya Rudolph e Ron Cephas Jones como atores convidados (entregues previamente, no sábado), o Emmy 2020 premiou um total de sete atores negros só nas categorias principais (drama, comédia e minissérie) – um a mais do que o recorde anterior, alcançado em 2018.

Segundo a revista Variety, pessoas negras representaram 33,33% dos ganhadores nas categorias de roteiro e 14% nas de direção. A mesma publicação afirmou que mulheres representaram 16,67% dos roteiristas premiados e 28,6% dos diretores. Como o Emmy tem dezenas de categorias, mas só as principais são televisionadas, o público só pôde ver uma diretora ser premiada: a alemã Maria Schrader, que ganhou melhor direção de minissérie ou filme para a televisão por Nada Ortodoxa. 

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia seguiu um formato inédito: foi realizada ao vivo, mas de forma “virtual”. Alguns (poucos) artistas se juntaram ao apresentador Jimmy Kimmell no Los Angeles Staples Center, mas a maioria dos indicados e premiados foram filmados em suas casas. Em certos casos, vários integrantes do elenco de uma série estavam reunidos em um mesmo lugar, no que se chamou de “festas com distanciamento social”. E num sinal de como os tempos são estranhos, os abraços entre os atores que estavam nestas festas pareceram mais fora de lugar do que os discursos de agradecimento via Zoom.

Os votantes do Emmy concentraram os prêmios em poucos programas: Schitt’s Creek ganhou todos os troféus entregues a série de comédia, enquanto Succession dominou nas categorias de drama, e Watchmen, nas de minissérie. Veja as mulheres premiadas nas principais categorias:

Atriz de drama
Zendaya (Euphoria)

Atriz de comédia
Catherine O’Hara (Schitt’s Creek)

Atriz de minissérie ou filme para a TV
Regina King (Watchmen)

Atriz coadjuvante de série dramática
Julia Garner (Ozark)

Atriz coadjuvante de série de comédia
Annie Murphy (Schitt’s Creek)

Atriz coadjuvante de minissérie ou filme para a TV
Uzo Aduba (Mrs. America)

Direção de minissérie ou filme para a TV
Maria Schrader (Nada Ortodoxa)


Luísa Pécora é jornalista e criadora do Mulher no Cinema

Top