Debate em São Paulo reúne Adélia Sampaio, Vera Egito e Coletivo Vermelha

Três integrantes do Coletivo Vermelha e as diretoras Adélia Sampaio e Vera Egito participam do debate "Olhar e Voz das Mulheres no Cinema", que acontece nesta quinta-feira (22), às 20h30, no Sesc Pompeia, em São Paulo. A entrada é gratuita. Adélia Sampaio foi a primeira mulher negra a dirigir um longa-metragem no Brasil, o drama Amor Maldito (1984), enquanto Vera Egito

Evento em SP cria diálogo cênico e musical com filmes de diretoras pioneiras

As relações entre filme e gênero estão no centro da nova edição do Projeto Cinema Falado, realizado pelo Sesc Pompeia, em São Paulo, que propõe uma reflexão sobre a voz no cinema. O evento, que começa em 22 de junho, inclui um experimento cênico-cinematográfico, uma mesa de debates e um minicurso, todos focados nas mulheres do audiovisual. O carro-chefe da programação é

Festival exibe filmes dirigidos, estrelados e selecionados por mulheres

A edição deste ano da Semana dos Realizadores, festival de cinema contemporâneo que começa nesta quarta-feira (23) no Rio de Janeiro, terá uma mostra dedicada a filmes dirigidos e protagonizados por mulheres. Para completar, a curadoria também é feminina, comandada por integrantes da equipe do festival CachoeiraDoc. Um dos destaques é o programa "Por um Cinema Negro no Feminino", que vai exibir

Adélia Sampaio, diretora negra que marcou o cinema nacional

O nome é pouco conhecido, mas Adélia Sampaio fez história no cinema nacional: foi a primeira negra a dirigir um longa-metragem no Brasil - Amor Maldito, lançado em 1984. Para recuperar a história da cineasta, Juliana Gonçalves e Renata Martins fizeram uma entrevista com ela para o site Blogueiras Negras. Aos 72 anos, Sampaio fala sobre os curtas que filmou nas décadas

Top