7 filmes de mulheres ou sobre mulheres para ver no Festival de Cinema Judaico

Vinte e quatro filmes integram a programação da 21ª edição do Festival de Cinema Judaico de São Paulo, que fica em cartaz de 30 de julho a 9 de agosto. O evento terá sessões gratuitas em três espaços da capital paulista: a Casa das Rosas, o Museu da Imagem e do Som (MIS) e o teatro Eva Herz, na Livraria Cultura. Outros três

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e centrados em mulheres que chegam aos cinemas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 9 de março. "Hiroshima Meu Amor" [Hiroshima mon amour, França/Japão, 1959] Em Hiroshima, um encontro ao acaso dá início a um romance entre uma atriz francesa e um arquiteto japonês. Estrelado por Emmanuelle Riva, escrito por Marguerite

Rachel Weisz tem várias identidades no trailer de “Complete Unknown”

Rachel Weisz é a estrela de Complete Unknown, filme de Joshua Marston que foi exibido no Festival de Sundance e estreia este mês nos Estados Unidos. No Brasil, ainda não há previsão. Weisz interpreta Jenny, uma mulher que assume várias identidades. Ela movimenta a vida de um ex-namorado, Tom (Michael Shannon), ao reencontrá-lo anos depois do rompimento. 20023

11 atrizes que já se destacaram nos cinemas em 2016

Listas de melhores do ano tornaram-se tão populares que os jornalistas não aguentam nem esperar o mês de dezembro. No site do Festival de Tribeca, Matthew Eng escreveu sobre 11 atrizes que, na opinião dele, tiveram as melhores atuações do ano até agora. Alguns dos filmes em questão ainda não chegaram aos cinemas brasileiros, e outros foram lançados em 2015. De qualquer forma, vale

Rachel Weisz tem de provar que Holocausto existiu em “Denial”

Ganhadora do Oscar por O Jardineiro Fiel (2005), a atriz Rachel Weisz é a estrela do drama Denial. O primeiro trailer já foi divulgado. O filme conta a história real de Deborah E. Lipstadt, historiadora americana que travou uma batalha legal com o escritor David Irving. Em 1996, ao ser processada pelo autor, Lipstadt teve de provar a existência do Holocausto. 18905

Top