“Desobediência” reflete sobre liberdade a partir do amor entre duas mulheres

Na primeira cena de Desobediência, adaptação do romance de Naomi Alderman, um rabino discursa aos membros de uma comunidade judia ortodoxa no norte de Londres: o que diferencia o homem dos anjos e das bestas, diz ele, é a liberdade para escolher. Este conceito está no cerne do filme estrelado por Rachel Weisz e Rachel McAdams e dirigido pelo chileno Sebastián Lelio, conhecido

Estreias da semana: as mulheres que chegam às salas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e/ou centrados em mulheres que chegam às salas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 21 de junho. "O Amante Duplo" [L’amant double, França/Bélgica, 2017] Chloé é uma jovem em momento de fragilidade que se apaixona por seu psicoterapeuta. Após alguns meses, os dois decidem morar juntos. Mas a felicidade fica ameaçada

Rachel Weisz e Rachel McAdams em cena de “Desobediência”

A Sony Pictures divulgou uma cena de Desobediência, longa que conta a história de amor entre duas mulheres interpretadas por Rachel Weisz e Rachel McAdams. A estreia está marcada para 21 de junho. Crítica: Desobediência reflete sobre liberdade a partir do amor entre mulheres Weisz vive Ronit, uma mulher que retorna à comunidade judaica ortodoxa da qual fora afastada anos antes. Durante a visita,

Rachel Weisz e Rachel McAdams vivem romance proibido no trailer de “Desobediência”

Rachel Weisz e Rachel McAdams atuam juntas em Desobediência, novo filme do diretor chileno Sebastián Lelio, conhecido por longas como Gloria (2013) e Uma Mulher Fantástica (2017). Disobediência conta a história de Ronit (Weisz), uma mulher que, por causa da morte de seu pai, retorna à comunidade judaica ortodoxa da qual fora afastada anos antes. Durante a visita, ela redescobre a paixão que

Mulheres no Oscar: saiba mais sobre as atrizes indicadas

Aquecendo os motores para o Oscar 2016, que ocorre em 28 de fevereiro, Mulher no Cinema vai publicar, diariamente, um breve perfil das profissionais femininas indicadas em cada categoria. Já falamos sobre as mulheres que produziram os indicados ao prêmio principal, melhor filme. Neste post, veja quem disputa os troféus de melhor atriz e atriz coadjuvante. Melhor atriz Brie Larson, por "O Quarto de Jack" Engana-se

Top