Veja as mulheres premiadas no Festival do Rio

Susanna Lira, Renée Nader Messora, Flavia Castro e Glenda Nicácio foram algumas das mulheres premiadas na edição 2018 do Festival do Rio, encerrada n0 domingo (11). Lira levou o troféu de direção de documentário por Torre das Donzelas, também escolhido pelo júri e pelo público como o melhor documentário. Já Nader Messora recebeu tanto o prêmio de direção de ficção quanto

Teresa Villaverde: “Há cada vez menos tempo, mas é bom ouvir histórias”

Um dos principais nomes do cinema português, Teresa Villaverde teve participação dupla na edição deste ano da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo: foi membro do júri internacional que premiou Las Sandinistas, de Jenny Murray, e apresentou seu novo filme, O Termômetro de Galileu, também selecionado para o Festival do Rio. Leia também: Mulheres dominam a premiação da Mostra de Cinema

15 filmes de diretoras para ver no Festival do Rio

Mais de 200 filmes de 60 países estão na programação deste ano do Festival do Rio, que fica em cartaz entre os dias 1° e 11 de novembro na capital fluminense. Em sua 20ª edição, o evento enfrentou dificuldades para obter patrocínio e, por isso, é realizado mais tarde do que de costume e em versão mais enxuta. Quatro filmes dirigidos ou

Mulheres dirigem 4 de 9 ficções na competição do Festival do Rio

Quatro filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres estão entre os nove títulos de ficção que integram a principal mostra competitiva do Festival do Rio. No ano passado, mulheres dirigiram sete dos noves longas. As ficções dirigidas por mulheres que competem na Première Brasil 2018 são A Sombra do Pai, de Gabriela Amaral Almeida; Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée

“Orlando”, “Top of the Lake” e mais títulos do Festival do Rio serão exibidos em SP

Uma seleção de filmes exibidos no Festival do Rio será exibida no Cinesesc, em São Paulo, entre os dias 9 e 15 de novembro. Entre os títulos estão uma cópia restaurada de Orlando, de Sally Potter, e a nova temporada da série Top of the Lake, codirigida por Jane Campion. Veja os sete filmes dirigidos por mulheres que você não

Diretoras dominam premiação do Festival do Rio

Cineastas mulheres foram as estrelas da premiação do Festival do Rio, encerrado neste domingo (15), num reflexo da forte presença feminina nos filmes em competição: dos nove títulos selecionados para a mostra Première Brasil deste ano, sete foram dirigidos ou codirigidos por mulheres. Nova parceria de Juliana Rojas e Marco Dutra, As Boas Maneiras teve grande destaque, levando os troféus de melhor longa-metragem de

Todos os filmes dirigidos por mulheres na programação do Festival do Rio

Jane Campion, Kathryn Bigelow, Lucrecia Martel e Lucia Murat são algumas das diretoras que estão na programação do Festival do Rio, que começa nesta quinta-feira (5) e exibe mais de 250 filmes até 15 de outubro. Leia também: Mulheres dirigiram 7 de 9 longas de ficção na competição do Festival do Rio Os filmes dirigidos por mulheres representam cerca de 28% do line-up, mas a

Veja o teaser de “O Animal Cordial”, terror dirigido por Gabriela Amaral Almeida

Selecionado para a competição do Festival do Rio, O Animal Cordial é o primeiro longa-metragem de Gabriela Amaral Almeida, diretora de curtas como Uma Primavera (2011), A Mão que Afaga (2012) e Estátua (2014). Leia também: Sete de nove longas na competição do Festival do Rio são dirigidos por mulheres Em O Animal Cordial, um restaurante de classe média de São Paulo é

Festival do Rio terá Jane Campion, Kathryn Bigelow e Lucrecia Martel

Novos trabalhos de diretoras como Jane Campion, Kathryn Bigelow, Lucrecia Martel e Agnieszka Holland estarão na programação do Festival do Rio, que ocorre de 5 a 15 de outubro. O evento divulgou os títulos internacionais da programação nesta semana - os nacionais já haviam sido anunciados. Jane Campion estará na programação com episódios de Top of the Lake: China Girl, segunda temporada da série

Mulheres dirigiram 7 de 9 longas de ficção na competição do Festival do Rio

Lúcia Murat, Renata Pinheiro, Juliana Rojas e Júlia Rezende são algumas das diretoras brasileiras que exibirão seus filmes na principal mostra competitiva do Festival do Rio. Neste ano, sete dos nove longas-metragens de ficção na Première Brasil foram dirigidos ou codirigidos por mulheres. São eles: Açúcar, de Renata Pinheiro (em parceria com Sérgio Oliveira); Alguma Coisa Assim, de Mariana Bastos (e

Top