Celebre a volta de “Handmaid’s Tale” com esta playlist

The Handmaid's Tale está de volta: a segunda temporada da série estrelada por Elisabeth Moss e inspirada na obra de Margaret Atwood estreou em 25 de abril no Hulu. E o sucesso foi tanto que a terceira temporada já está garantida! Leia também: O ano em que descobrimos Margaret Atwood Saiba mais: The Handmaid’s Tale é renovada para a terceira temporada Celebre as boas notícias com essa

Trilogia “MaddAddam”, de Margaret Atwood, será adaptada para a TV

Depois do sucesso das séries The Handmaid's Tale e Alias Grace era inevitável que outras obras da escritora canadense Margaret Atwood chamassem a atenção de Hollywood. Pois bem: a Paramount Television e a Anonymous Content compraram os direitos de adaptação para levar a trilogia MaddAddam à televisão. Leia também: O ano em que descobrimos Margaret Atwood Saiba mais: Conheça as mulheres por trás

O ano em que descobrimos Margaret Atwood

Eis um item para a lista de coisas boas que aconteceram em 2017: foi o ano em que descobrimos Margaret Atwood. É verdade que a escritora canadense de 78 anos e mais de 40 obras publicadas já era um nome importante da literatura, vencedora do Booker Prize e dos prêmios Príncipe das Astúrias e Arthur C. Clarke, entre outros. No entanto,

“Alias Grace” explora ambiguidade da obra de Margaret Atwood

Se o bom momento das séries de televisão motivou a expressão "Peak TV", ou "auge da TV", não há dúvida de que também estamos vivendo o "Peak Atwood". A brincadeira criada pela imprensa americana ressalta o fato de que, com quase 80 anos, a escritora canadense Margaret Atwood experimenta a fase mais popular da carreira, graças a dois seriados inspirados

Baseada em Margaret Atwood, série “Alias Grace” já está na Netflix

A série Alias Grace, adaptação de Vulgo Grace, de Margaret Atwood, entrou no catálogo da Netflix nesta sexta-feira (3). Ambientada nos anos 1840, a trama é centrada em Grace Marks, presa sob acusação de ajudar a assassinar o patrão. Com seis episódios, a série produzida pela emissora canadense CBC tem um belo time de mulheres: o texto é de Sarah Polley, roteirista e diretora de Longe Dela (2006) e Histórias que Contamos (2012); a

Baseada em Margaret Atwood, “Alias Grace” chegará à Netflix em novembro

Fãs da obra da escritora Margaret Atwood já podem marcar o dia 3 de novembro no calendário: a partir desta data estarão disponíveis na Netflix todos os episódios da série Alias Grace, adaptação do livro Vulgo Grace. A história é ambientada nos anos 1840 e centrada em Grace Marks, uma mulher que é presa sob acusação de ter ajudado a assassinar o patrão. Com seis episódios,

Baseado em Margaret Atwood, “Alias Grace” estreará em Toronto

A aguardadíssima série Alias Grace, inspirada na obra da escritora Margaret Atwood, fará sua estreia mundial no Festival de Cinema de Toronto, que ocorre em setembro na cidade canadense. Produção da emissora CBC que também será exibida pela Netflix, a série de seis episódios é uma adaptação de Vulgo Grace. A história é ambientada nos anos 1840 e centrada em Grace Marks, uma

Veja o teaser de “Alias Grace”, série que adapta Margaret Atwood

Fãs de The Handmaid's Tale já têm uma nova série para aguardar: Alias Grace, também baseada na obra da escritora Margaret Atwood. O projeto é cheio de mulheres talentosas: a produção e o roteiro são de Sarah Polley, roteirista e diretora de Longe Dela (2006) e Histórias que Contamos (2012), e a direção é de Mary Harron, de Psicopata Americano (2000). A atriz Sarah Gadon será a

Top