Dominga Sotomayor ganha prêmio de melhor direção no Festival de Locarno

A cineasta chilena Dominga Sotomayor ganhou o prêmio de direção na edição deste ano do Festival de Locarno, encerrada neste sábado (11). Ela foi reconhecida por Tarde para Morir Joven, coprodução de Chile, Brasil, Argentina, Holanda e Catar.

Outros troféus importantes foram entregues a filmes dirigidos por mulheres, incluindo o Prêmio Especial do Júri para M, de Yolande Zauberman. Na mostra Cineasta del presente, dedicada a talentos emergentes, o prêmio de melhor filme foi para Chaos, de Sara Fattahi, enquanto o Prêmio Especial do Júri foi para Closing Time, de Nicole Vögele.

Outros destaques foram Eva Trobisch, que recebeu o troféu de melhor longa de estreia com Alles Ist Gut, e Laura Huertas Millán, premiada como melhor diretora na mostra Pardi di Domani, dedicada a curtas e médias, com El Laberinto.

Veja a lista completa de premiados aqui.

Deixe um comentário

Top