Festival do Rio premia Kika Sena e direção de Julia Murat e Juliana Vicente

Kika Sena, Julia Murat, Juliana Vicente e Carol Marcowicz foram algumas das artistas premiadas na edição deste ano do Festival do Rio, encerrada neste domingo (16). As mulheres dominaram a premiação, levando troféus de direção, roteiro, direção de arte e direção de fotografia, entre outros. Entrevista: "As pessoas são diversas em qualquer contexto", diz Kika Sena Depoimento: Leia o texto de Kika

“Regra 34”, da brasileira Julia Murat, vence Festival de Locarno

O longa-metragem Regra 34, dirigido pela brasileira Julia Murat, venceu o Leopardo de Ouro, principal prêmio do Festival de Locarno. A cerimônia de premiação foi realizada neste sábado (13) na cidade suíça. Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e acesse conteúdo exclusivo Regra 34 conta a história de Simone (Sol Miranda), uma jovem que ingressa na defensoria pública após pagar seus estudos fazendo performances

Terminando o #52FilmsByWomen com Annemarie Jacir, Julia Murat, Dee Rees, Ana Katz

De março de 2017 até fevereiro de 2018, assisti a um filme dirigido por mulher toda semana para a campanha #52FilmsbyWomen, promovida pela Women in Film and Television e adotada pelo Mulher no Cinema. Todos os filmes selecionados foram longas, sendo sete documentários, uma animação e 44 ficções majoritariamente dramáticas (provavelmente Toni Erdmann foi o mais “comédia” da minha lista). Começo a falar

Julia Murat fala sobre “Pendular” e a persistência para fazer cinema

Em 1980, Marina Abramovic e seu então companheiro, Ulay, realizaram The Other: Rest Energy, perfomance na qual o casal segurava um arco tensionado apenas pelo peso de seus próprios corpos e apontava uma flecha para o coração da artista sérvia. Neste exercício de confiança e equilíbrio, nenhuma das partes poderia se soltar. Rest Energy serviu de inspiração para Pendular, longa de Julia Murat que chega

Estreias da semana: as mulheres que chegam às telas

Toda semana o Mulher no Cinema prepara uma lista com os filmes dirigidos, escritos e centrados em mulheres que chegam aos cinemas do Brasil. Veja as estreias desta quinta-feira, 21 de setembro. "Divórcio" [Brasil, 2017] Noeli (Camila Morgado) e Júlio (Murilo Benício) enriquecem de repente após criarem um molho de tomate. Com o passar do tempo, os dois se distanciam e um incidente na estrada serve de gota d'água

Veja o trailer de “Pendular”, filme de Julia Murat exibido em Berlim

Diretora de Histórias que Só Existem Quando Lembradas, Julia Murat está de volta com Pendular, longa que recebeu o prêmio da Federação Internacional de Críticos de Cinema (FIPRESCI) no Festival de Berlim e que estreia em 21 de setembro. Pendular conta a história de um jovem casal que se muda para um galpão abandonado. No lado direito do galpão, ele monta um

Festival de Berlim seleciona dois longas-metragens de diretoras brasileiras

Dois filmes brasileiros foram selecionados para a mostra Panorama do Festival de Berlim - ambos dirigidos por mulheres. Vazante, de Daniela Thomas, e Pendular, de Julia Murat, estarão no line-up do festival, que será realizado em fevereiro. Vazante é o primeiro longa-metragem solo de Daniela Thomas, que codirigiu Terra Estrangeira (1995) e Linha de Passe (2008) com Walter Salles. O filme se

Top