10 filmes de terror dirigidos por mulheres na Netflix

O que Jennifer Kent, Mary Lambert, Karyn Kusama e Ana Lily Amirpour têm em comum? Todas elas são cineastas que deixaram sua marca no universo dos filmes de terror! E as comemorações do Dia das Bruxas fazem de outubro o mês perfeito para quem quer prestigiar o trabalho destas diretoras.

Aproveitando a data, Mulher no Cinema selecionou dez filmes de terror dirigidos por mulheres que estão disponíveis para streaming na Netflix. Chame os amigos, prepare a pipoca e boa sessão do medo!


the bad batch“Amores Canibais”
[The Bad Batch, EUA, 2016]
Como milhares de outros cidadãos americanos, Arlen (Suki Waterhouse) foi considerada inaceitável para a sociedade e jogada em uma terra hostil e isolada. Capturada por um bando de canibais, ela rapidamente percebe que terá de lutar para sobreviver. Dirigido por Ana Lily Amirpour, de Garota Sombria Caminha Pela Noite (2014).


The Babadook“The Babadook”
[Austrália/Canadá, 2014]
Amelia (Essie Davis) é uma mulher viúva que sofre pela violenta morte do marido. Além do processo de luto, tem de lidar com os medos do filho, Sam (Noah Wiseman) que diz ver um monstro na casa em que vivem. No início, ela não acredita. Depois, também começa a sentir uma estranha presença ao seu redor. Dirigido por Jennifer Kent.


pet sematary“O Cemitério Maldito”
[Pet Sematary, EUA, 1989]
A família do Dr. Louis Creed (Dale Midkiff) se muda para o que parece ser a casa de seus sonhos. No entanto, a parte de trás da propriedade abriga um misterioso cemitério que claramente assusta os vizinhos. Dirigido por Mary Lambert, o filme é baseado na obra do autor Stephen King, que também assina o roteiro da versão para o cinema.


the dorm“O Dormitório”
[The Dorm, EUA, 2014]
Vivian (Alexis Knapp) é uma jovem tímida e insegura que acaba de entrar na faculdade. Sua colega no dormitório universitário, a popular Sarah (Cassie Steele), decide guiá-la em uma mudança de visual. Mas quando coisas estranhas começam a acontecer, Vivian desconfia desta transformação. Dirigido por Rachel Talalay, de A Hora do Pesadelo 6 (1991).


Honeymoon“Honeymoon”
[EUA, 2014]
Bea (Rose Leslie) e Paul (Harry Treadaway) acabam de se casar e vão passar a lua de mel em uma propriedade da família dela, em um local remoto. O clima de felicidade é ameaçado por coisas estranhas que começam a acontecer depois de Bea ser encontrada desorientada no meio da noite. Dirigido pela cineasta Leigh Janiak.


the-invitation“The Invitation”
[EUA, 2015]
Will (Logan Marshall-Green) volta à casa em que morava, e que lhe traz memórias traumáticas, para um jantar com amigos de longa data. Durante a noite, porém, ele começa a suspeitar de que sua ex-mulher e o novo marido dela podem ter planos sinistros para os convidados. Dirigido por Karyn Kusama, de Garota Infernal (2009).


kiss of the death“Kiss of the Damned”
[EUA, 2012]
A vampira Djuna (Joséphine de La Baume) vive uma intensa paixão com o roteirista Paolo (Milo Ventimiglia). O amor dos dois é ameaçado pela chegada de Mimi (Roxane Mesquida), a problemática irmã mais nova de Djuna, que traz o caos para a vida da comunidade de vampiros. Dirigido por Xan Cassavetes, filha do diretor John Cassavetes e da atriz Gena Rowlands.


american psycho“Psicopata Americano”
[American Psycho, EUA, 2000]
Christian Bale interpreta Patrick Bateman, um banqueiro de investimentos de Wall Street que é jovem, bonito, ganancioso e dono de uma ocupação secreta: serial killer. A diretora Mary Harron assina o roteiro em parceria com Guinevere Turner, adaptando para as telas o livro escrito por Bret Easton Ellis. Assista a uma cena do filme narrada pela cineasta


raw“Raw”
[Grave, França, 2016]
Justine (Garance Marillier) é vegetariana, nasceu em uma família de veterinários e ingressa na faculdade para também seguir na profissão. Durante um ritual universitário, ela é forçada a comer carne crua pela primeira vez em sua vida – e as consequências são inesperadas. Dirigido por Julia Ducournau, recebeu o prêmio FIPRESCI em Cannes.


xx“XX”
[Canadá/EUA, 2017]
Exibida no Festival de Sundance, esta antologia reúne quarto curtas-metragens de terror, cada um dirigido por uma cineasta diferente. São eles: The Box, de Jovanka Vuckovic; Don’t Fall, de Roxanne Benjamin; Only Living Son, de Karyn Kusama; e Birthday Party, de Annie Clark, conhecida como St. Vincent, em sua estreia na direção.

Deixe um comentário

Top