Diretoras dominam premiação do Festival do Rio

Cineastas mulheres foram as estrelas da premiação do Festival do Rio, encerrado neste domingo (15), num reflexo da forte presença feminina nos filmes em competição: dos nove títulos selecionados para a mostra Première Brasil deste ano, sete foram dirigidos ou codirigidos por mulheres.

Nova parceria de Juliana Rojas e Marco Dutra, As Boas Maneiras teve grande destaque, levando os troféus de melhor longa-metragem de ficção, melhor atriz coadjuvante para Marjorie Estiano, o prêmio da crítica e o Prêmio Felix.

Na Première Brasil, os dois prêmios de direção foram para mulheres: Lucia Murat ganhou na categoria de ficção com Praça Paris, enquanto Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva venceram na de documentário com Slam: Voz de Levante.

Outros filmes dirigidos por mulheres que saíram premiados foram Piripkura, de Mariana Oliva, Renata Terra e Bruno Jorge, escolhido como melhor longa-metragem de documentário; e Aos Teus Olhos, de Carolina Jabor, ganhador do voto popular.

Veja a lista de premiadas:

Première Brasil
Longa-metragem de ficção: As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra
Longa-metragem de documentário: Piripkura, de Mariana Oliva, Renata Terra e Bruno Jorge
Menção-honrosa de curta-metragem: Roberta Gretchen Coppola, por Vaca Profana
Direção de ficção: Lucia Murat, por Praça Paris
Direção de documentário: Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva, por Slam: Voz de Levante
Atriz: Grasse Passô, por Praça Paris
Atriz coadjuvante: Marjorie Estiano, por As Boas Maneiras
Montagem: Caroline Leone, por Alguma Coisa Assim
Prêmio Especial do Júri: Slam: Voz de Levante, de Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva

Voto popular
Longa-metragem de ficção: Aos Teus Olhos, de Carolina Jabor

Prêmio da Crítica Fipresci
As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra

Prêmio Felix:
Longa-metragem de ficção: As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra


Foto: Marina Calderon/R2

Deixe um comentário

Top