5 filmes de diretoras para assistir online em setembro

Todos os meses o Mulher no Cinema publica uma lista com dicas de filmes dirigidos por mulheres para assistir online, em plataformas como Netflix, Amazon Prime Video, HBO Go, Now, Google Play e YouTube.

Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo
#52FilmsByWomen: 
Apoie as mulheres do cinema vendo um filme por semana

São títulos de diferentes gêneros, que mostram a variedade do trabalho das mulheres no cinema e ajudam nos dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem.

Veja o que assistir no streaming em setembro:


“Desejos da Tarde”
[Afternoon Delight, EUA, 2013]
Disponível no Amazon Prime Video

Casada e mãe de um menino, Rachel (Kathryn Hahn) se sente frustrada por não estar trabalhando e pela falta de animação na vida sexual. Para agitar o casamento, ela decide visitar um clube de strip-tease, onde conhece a jovem McKenna (Juno Temple). Escrito e dirigido por Jill Soloway, criadora da série Transparent.


“Elisa e Marcela”
[Elisa y Marcela, Espanha, 2019]
Disponível na Netflix

Na Espanha de 1901, Elisa Sanchez Loriga precisa assumir a identidade de um homem, Mario Sánchez, para poder se casar com a mulher que ama, Marcela Gracia Ibeas. Baseado numa história real, o drama em preto e branco é dirigido por Isabel Coixet, de A Vida Secreta das Palavras (2005) e A Livraria (2017).


“Privacidade Hackeada”
[The Great Hack, EUA, 2019]
Disponível na Netflix

Indicados ao Oscar de documentário por The Square (2013), Jehane Noujaim e Karim Amer agora analisam o escândalo da Cambridge Analytica, entrevistando alguns dos principais envolvidos. O filme reflete, também, sobre como a análise de dados online representa uma ameaça à democracia em diferentes lugares do mundo.


“Sem Rastros”
[Leave No Trace, EUA/Canadá, 2018]
Disponível na HBO Go, Google Play, Apple TV e YouTube

Will (Ben Foster) é um veterano de guerra que vive em um parque urbano em Portland, Oregon, junto com a filha de 13 anos, Tom (Thomasin McKenzie). Quando são forçados a deixar o local, eles têm de tentar se adaptar à vida na cidade. Dirigido por Debra Granik, indicada ao Oscar de roteiro por Inverno da Alma (2010).


“Varda por Agnès”
[Varda par Agnès, França, 2019]

Disponível na Apple TVGoogle Play, NOW, Vivo PlayYouTube

Último filme da diretora Agnès Varda (1928-2019), o documentário revisita sua trajetória como realizadora e artista visual e reflete sobre o que ela chamava de “cine-escrita”: como os principais elementos do cinema – composições, pontos de vista, movimentos, ritmos, edição – são escolhidos pelos realizadores da mesma forma que os escritores escolhem as palavras. Leia a crítica do longa e conheça outros filmes de Varda.


Luísa Pécora é jornalista, criadora e editora do Mulher no Cinema

Deixe um comentário

Top