5 filmes de diretoras para assistir online em agosto

Desde junho de 2015 o Mulher no Cinema publica uma lista mensal com dicas de filmes dirigidos por mulheres para ver na Netflix. Após quatro anos, é hora de mudar: atendendo a pedidos, a partir de agora a lista passa a ser de filmes dirigidos por mulheres para assistir online – em diferentes plataformas de streaming.

Apoie: Colabore com o Mulher no Cinema e tenha acesso a conteúdo exclusivo
Mais filmes: 
Consulte as listas anteriores com dicas do que assistir na Netflix
#52FilmsByWomen: 
Apoie as mulheres do cinema vendo um filme por semana

Isso inclui a Netflix, mas também serviços como Amazon Prime Video, HBO Go, Now, Google Play e YouTube, entre outros. A premissa segue a mesma: títulos de diferentes gêneros, que mostram a variedade do trabalho das mulheres no cinema e ajudam nos dias em que a vontade de ver um filme é grande, mas a inspiração não vem.

Veja o que assistir no streaming em agosto:


“O Atalho”
[Meek’s Cutoff, EUA, 2010]

Disponível na Amazon Prime Video

Em 1845, três famílias se unem em uma caravana e cruzam o deserto americano em busca de uma vida melhor. A viagem torna-se problemática quando aceitam seguir um atalho sugerido por Stephen Meek, um explorador que contrataram como guia. Estrelado por Michelle Williams e dirigido por Kelly Reichardt.


“As Boas Maneiras”
[Brasil/França, 2017]

Disponível na Apple TV, Google Play, Now, Spamflix, TelecineYouTube

Clara (Isabél Zuaa) é contratada para ajudar a cuidar do filho de Ana (Marjorie Estiano). Conforme a gestação avança, o comportamento de Ana fica cada vez mais estranho. Ganhador do prêmio especial do júri do Festival de Locarno, o filme é dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra. Leia entrevista com os diretores


“O Diário de Bridget Jones”
[Bridget Jones’s Diary, Reino Unido/França/EUA, 2001]
Disponível na Netflix

Bridget Jones (Renée Zellweger) é uma divertida inglesa de 30 e poucos anos que está solteira e fazendo um trabalho pouco estimulante em uma editora. Decidida a mudar de vida, ela começa a escrever um diário sobre suas tentativas de manter as resoluções de ano novo. O filme é uma adaptação do best-seller escrito por Helen Fielding, que assina o roteiro junto com Andrew Davies e Richard Curtis. Direção de Sharon Maguire.


“Jane Fonda em Cinco Atos”
[Jane Fonda in Five Acts, EUA, 2018]
Disponível na HBO Go

Exibido no Festival de Cannes, o documentário dirigido por Susan Lacy narra a trajetória da atriz americana Jane Fonda desde a infância até o sucesso atual na série Grace and Frankie. Entre os assuntos abordados estão a relação de Jane com o pai, Henry Fonda (1905-1982), as diferentes fases da carreira, seus três casamentos e o relacionamento com os filhos, bem como o ativismo político que por vezes provocou controvérsias.


“Losing Sight of Shore”
[EUA/Austrália/Reino Unidos/Samoa, 2017]
Disponível na Netflix

O documentário de Sarah Moshman acompanha a façanha da chamada Coxless Crew: uma equipe só de mulheres que cruzou o Oceano Pacífico remando dos Estados Unidos até a Austrália – e sem a ajuda de um barco de apoio. Laura Penhaul, Natalia Cohen e Emma Mitchell fizeram a jornada completa, contando também com Isabel Burnham, Lizanne Van Vuuren e Meg Dyos, que se revezaram como a quarta integrante da equipe.


Luísa Pécora é jornalista, criadora e editora do Mulher no Cinema

Deixe um comentário

Top