“Trago Comigo”

Incapaz de se lembrar totalmente da prisão durante a ditadura, um diretor de teatro aposentado decide montar uma peça, combinando a memória com improvisos do elenco. Dirigido por Tata Amaral.

Deixe um comentário

Top